"VOINHO"

Geraldo Victorino de França é engenheiro agrônomo, professor aposentado da Esalq/USP – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. Foi casado com a professora Zilda Giordano Victorino de França, tiveram 4 filhos, 12 netos e cinco bisnetas. Os verbetes surgiram como um hobby,enviados pela Internet aos filhos e netos. São curiosidades e notas explicativas sobre temas diversos. Como são assuntos interessantes e educativos, surgiu a ideia de compilá-los num livro. Muitos desses verbetes já foram publicados na Enciclopédia Agrícola Brasileira, editada pela Esalq/USP e também na coluninha PLANETA TERRA que era publicada aos sábados no Jornalzinho, suplemento infantil do JORNAL DE PIRACICABA. Também já colaborou na coluna PECADOS DA LÍNGUA, coordenada por Elisa Pantaleão, veiculada aos sábados no jornal A GAZETA DEPIRACICABA.
É membro da Academia Piracicabana de Letras - Cadeira n° 27 - Patrono: Salvador de Toledo Pisa Junior

“Voinho” é o apelido carinhoso como é chamado pelos netos e bisnetas.

Seguidores

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Voinho, neta e bisnetas

Aprendendo com o Voinho

Aprendendo com o Voinho
by Mara Bombo

sábado, 25 de dezembro de 2010

Natal do Voinho

Feliz Natal, Voinho!
Criança é só alegria!
As três bisnetinhas
Voinho feliz! Vai ganhar mais uma netinha
Camilla e Clara, neta e bisneta
Dois dos netos do Voinho, nora, filho e genro
Filhas, netas, nora e bisnetas do Voinho
As três bisnetinhas e mais uma netinha ( na barriga), a Maria Valentina, que está prestes a chegar!
Olha esses dois de Papai Noel!
Gudinho posa para a foto
Papai Noel, você dança comigo?

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Feliz Natal, voinho! Oh! Oh! Oh!

E não é que o Papai Noel veio de verdade?...
Olha só a carinha da Talita...Quem será esse Papai Noel?

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Conhecendo o Canibalismo

CONHECENDO O CANIBALISMO
Geraldo Victorino de França (Voinho)

Canibalismo é o ato de um indivíduo devorar outro da mesma espécie. Era prática comum entre os índios, que em grandes festas sacrificavam e devoravam seus inimigos.
O canibalismo é comum entre animais inferiores. Em certas espécies de aranha, o fato é observado após a cópula, quando a fêmea devora o macho. O mesmo comportamento também já foi observado na fêmea de louva-a-deus.
Nas criações em confinamento, com grande densidade de indivíduos por metro quadrado, é comum observar-se o canibalismo, principalmente entre aves e suínos.
O canibalismo entre aves, principalmente galinhas, pode ocorrer devido a ferimento em um indivíduo, que atrai a atenção dos outros. O ferimento pode surgir devido ao hábito de " picagem " - costume de comer as penas uns dos outros. Quando aparece sangue, a ave ferida é perseguida pelas companheiras, sendo então destripada e devorada. Outra causa de canibalismo entre aves é uma deficiência alimentar, como falta de cálcio, por exemplo.
Nos suínos, o canibalismo se manifesta devido a duas causas: a) o hábito de as porcas devorarem os leitões recém-nascidos; b) o hábito dos animais de comerem a cauda de seus companheiros.
O canibalismo entre peixes carnívoros ( ou piscívoros ) constitui um empecilho para a criação da grande maioria de espécies em ambientes confinados, como aquários.

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Conhecendo os primatas

CONHECENDO OS PRIMATAS
Geraldo Victorino de França

Dá-se o nome de Primatas a uma ordem de mamíferos adaptados à vida arborícola, com poucas exceções, abrangendo 180 espécies, estando a maioria confinada às regiões tropicais.
Como principais características, apresentam pés e mãos preênseis, próprios para se locomoverem com segurança pelas árvores; e o polegar dos pés e das mãos capaz de se movimentar livremente. Possuem um sistema óptico bem desenvolvido, com olhos voltados para frente e visão binocular; um tato muito refinado, com áreas táteis nos dedos , unhas em vez de garras e cérebro grande, responsável pelo desenvolvi-
mento da inteligência e de padrões flexíveis de comportamento, principalmente nos chamados primatas superiores.
A ordem dos Primatas compreende dois grupos ou subordens: a) primatas inferiores ou Prossímios, que incluem os lêmures, lóris e gálagos; b) primatas superiores, Símios ou Antropóides, que incluem társio, macacos, saguis e o próprio homem. Diferenciam-se do homem por terem o corpo coberto de pelos.
Os macacos do Novo Mundo, principalmente da América do Sul, se caracterizam por terem nariz achatado, com as narinas separadas, e cauda preênsil. Compreendem várias espécies de sagüis e de macacos - bugio, macaco-aranha, macaco-prego, etc.
Os macacos do Velho Mundo, encontrados na África, Ásia e Indonésia, são geralmente maiores que os do Velho Mundo. Incluem o macaco-narigudo, babuino, chimpanzé, orangotango, gorila, etc.
O maior dos primatas é o gorila, que pode ter até 175 centímetros de circunferência do tronco e pesar até 275 kg.

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Conhecendo os países mais poluidores

CONHECENDO OS PAÍSES MAIS POLUIDORES
Geraldo Victorino de França (Voinho)

Existem diversas formas de poluição do ambiente. Considerando a poluição atmosférica pela emissão de gás carbônico, que causa o " efeito estufa " e, por consequência, o aquecimento global, os países mais poluidores são:

1. Estados Unidos
2. China
3. Rússia
4. Japão
5. Índia
6. Alemanha
7. Canadá
8. Reino Unido
9. Coréia do Sul
10. Itália

Fonte: Os 10 mais, 2.008

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Perguntas cretinas

PERGUNTAS CRETINAS
Geraldo Victorino de França (Voinho)

1. O condor...vive com dor?
2. Macabra... é cabra malvada?
3. Biscoito...é fazer sexo duas vezes?
4. No Paraná " pi " acaba?
5. A formiga lava-pés... lava os pés?
6. A lagarta ( larva )... é a fêmea do lagarto ( réptil ) ?
7. Furacão... é algo que fura cão?
8. O computador... computa a dor?
9. Maratona...é mar à tona?
10. Embocadura... tem boca dura?
11. Planta que produz tubérculo...é tuberculosa?
12. Saracura... é pleonasmo?
13. Patologia...é estudo dos patos?
14. Raiz quadrada...é raiz com quatro lados?
15. Meio ambiente... é metade do ambiente?
16. Enfezado... é sujo de fezes?

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Conhecendo os cinco sentidos -2


CONHECENDO OS CINCO SENTIDOS – 2
Geraldo Victorino de França (Voinho)

Os sentidos funcionam com mensageiros dos organismos humano e animal, captando informações e transmitindo para o cérebro através de uma rede de nervos.
Além da visão, comentada na mensagem anterior, existem mais quatro sentidos, que são apresentados a seguir.
B. Audição. Resulta da excitação, pelas ondas sonoras, dos terminais do nervo auditivo, situado no ouvida interno. A audição comparada dos dois ouvidos permite a localização da fonte sonora. Certos animais, como o morcego, emitem sons e captam o seu retorno ( eco ), para a sua orientação.
C. Olfato. A sede do olfato, nos animais vertebrados terrestres, é a mucosa interna do nariz, onde se encontram as células receptadoras da sensação de cheiro. A maioria dos animais possui olfato mais sensível que o do homem.
D. Paladar. No homem, os órgãos do paladar localizam-se apenas na língua, onde as papilas são sensíveis aos sabores ( amargo, ácido, doce, salgado, etc. ) dos alimentos dissolvidos na água ou na saliva.
E. Tato. Este sentido se localiza na pele e tem por finalidade informar os centros nervosos sobre ações locais ( dores ), mecânicas ( pressão, tração ), térmicas ( frio ou quente ) ou de simples contato com outros objetos. Todos os animais têm tato mais ou menos desenvolvido.

domingo, 12 de dezembro de 2010

Conhecndo os Cinco Sentidos -1

CONHECENDO OS CINCO SENTIDOS – 1
Geraldo Victorino de França (Voinho)

Chama-se sentido cada uma das funções pelas quais os seres humanos e os animais percebem os aspectos externos por intermédio dos órgãos sensoriais. Visão, audição, olfato, paladar e tato são os cinco sentidos.
Os órgãos dos sentidos são receptores especializados , quatro deles localizados na cabeça: a) olhos, cujas células da retina são sensíveis aos raios luminosos, permitindo a visão; b) ouvidos, sensíveis às vibrações sonoras, permitindo a audição; c) nariz, órgão do olfato cuja mucosa nasal é capaz de discernir o aroma de numerosas substâncias presentes no ar que é inspirado; d) língua, órgão do paladar, que distingue os sabores diferentes dos alimentos. O quinto órgão, situado fora da cabeça, é o tato, que percebe o conjunto de sensações por meio da pele e de certas mucosas ao contato com outros objetos.
A. Visão. No homem, a visão compreende quatro funções estreitamente ligadas, mas distintas: formas, distâncias, cores e movimento.
A visão das formas pode ser obtida com um só olho e subsiste com a iluminação reduzida, embora seja mais precisa com boa iluminação.
A visão das distâncias é binocular, isto é, baseia-se na comparação de duas imagens, fornecidas simultaneamente pelo olho direito e pelo olho esquerdo, que são ligeiramente diferentes.
A visão das cores tem por base a leve difusão da luz nos olhos.
A visão do movimento baseia-se na curta persistência das imagens na retina, o que permite ao cérebro comparar as posições sucessivas de um objeto em movimento e notar a diferença.

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Conhecendo a luz

CONHECENDO A LUZ
Geraldo Victorino de França (Voinho)

A luz é uma forma de radiação de natureza ondulatória, emitida por uma fonte luminosa, que se propaga no vácuo ou nos meios materiais, em todas as direções. A luz é produzida quando os elétrons de sólidos e gases são excitados às mais altas energias pelo calor ou descarga elétrica e retorna ao seu estado natural: o excesso de energia é então liberado como radiação luminosa, embora nem toda ela necessite estar na faixa visível.
O sol, as estrelas, os raios e relâmpagos, alguns animais, a lâmpada elétrica, a combustão de algumas substâncias e muitos outros corpos fornecem luz, sendo considerados fontes de luz.
A luz se propaga em linha reta, em todas as direções, com alta velocidade. No vácuo, a velocidade da luz é de 300.000 km/seg. A luz viaja em linha reta desde que o meio pelo qual ela se propaga seja homogêneo. Se, no entanto, o meio for heterogêneo, parte dela pode ficar sujeita à reflexão; e a parte remanescente sujeita à refração.
A luz branca, como a do sol, é uma luz complexa ou policromática. Por intermédio de um prisma, pode ser decomposta em certo número de cores, sendo sete as cores principais: vermelho, alaranjado, amarelo, verde, azul e violeta (as cores do arco-íris ).
A luz produz, nos olhos humanos e dos animais, a sensação da visão, ou seja, a percepção dos objetos.
A ação da luz sobre a clorofila das plantas verdes ( fotossíntese ) converte o dióxido de carbono do ar atmosférico em compostos orgânicos ( açúcares, amido, proteínas, etc. ).

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Curiosidades geográficas

CURIOSIDADES GEOGRÁFICAS - 7

a) Conforme dados do Censo Agropecuário 1.965/1.966, do IBGE, as terras do Brasil são assim utilizadas:

florestas naturais...............30%
florestas plantadas ........... 3%
pastagens naturais.............15%
pastagens artificiais............ 13%
culturas perenes................. 12%
culturas temporárias........... 15%
terras em descanso........... 12%

b) Número de países em 2.005:

África...........................53
América do Norte......... 3
América Central ..........20
América do Sul............12
Ásia.............................45
Europa ....................... 48
Oceania...................... 14

Total .......................195

c) As águas dos oceanos e mares ocupam 70% da superfície terrestre, lembrando que uma pequena parcela da superfície continental é ocupada por rios, lagos e represas. O maior oceano é o Pacífico, que ocupa uma área maior que a de todos os continentes reunidos.

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Conhecendo a Lenda do Minotauro


CONHECENDO A LENDA DO MINOTAURO

Geraldo Victorino de França (Voinho)

Segundo a mitologia grega, Posêidon - deus dos mares, enviou a Minos -- rei de Creta, um touro branco que deveria ser sacrificado em sua homenagem. Deslumbrado com a beleza do animal, Minos não obedeceu e guardou o touro para si. em represália, Posêidon despertou na rainha Pasifae, mulher do rei, uma paixão doentia pelo animal. Dessa união nasceu o Minotauro, um monstro com corpo de homem e cabeça de touro. Logo após o seu nascimento, o Minotauro foi levado para o labirinto, construido pelo arquiteto Dédalo e de onde ninguém conseguia sair. Anos mais tarde, Minos declarou guerra à Atenas para vingar a morte de seu irmão Androgeu. Vitorioso, exigiu que os derrotados enviassm, a cada nove anos, sete rapazes e sete moças para serem devorados pelo Minotauro. Quando os atenienses se preparavam para pagar o tributo, pela terceira vez, o herói Teseu se ofereceu como voluntário. Penetrou no labirinto, armado de clava, matou o Minotauro e, guiado por um fio que ficara preso na entrada e que lhe fora dado por Ariádne, filha de Minos, saiu do labirinto em companhia de Ariádne e seus companheiros gregos.

sábado, 4 de dezembro de 2010

50 mil visitas no blog do Voinho!!!

(foto de João Nassif)

Este Blog foi criado sem muitas pretensões.
Eu queria apenas homenagear meu pai, um homem íntegro, sem grandes vaidades, mas muito inteligente, e divulgar os livros "Aprendendo com o Voinho" volumes 1 e 2, sendo que o terceiro volume está quase pronto.

E qual não foi nossa surpresa ao constatar o sucesso do Blog, que em pouco mais de 1 ano de existência, atingiu hoje 50 mil visitas!

Parabéns Voinho!

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Conhecendo a Lenda das Amazonas

CONHECENDO A LENDA DAS AMAZONAS
Geraldo Victorino de França (Voinho)

Segundo a mitologia grega, as Amazonas eram um grupo de mulheres guerreiras que habitavam o Cáucaso, vivendo nas margens do mar Negro. A palavra " amazonas " é de origem grega e significa "sem seios". As amazonas atacavam as aldeias próximas, uma vez a cada ano, e procriavam com os homens dessas aldeias. Quando nasciam as crianças, elas devolviam os machos e ficavam com as meninas, que criavam como guerreiras. Dizem que queimavam o seio direito de suas filhas para facilitar o manejo do arco, daí o seu nome.
Construíram o templo de Éfeso e adoravam a deusa Ártemis. Fundaram várias cidades, entre as quais a mais famosa era Éfeso, na Ásia Menor. Lutaram contra os gregos na Guerra de Tróia, e Aquiles matou uma de suas rainhas, Tentesilea.
Quando Hércules, ao realizar um de seus doze trabalhos, arrebatou o cinturão da rainha Hipólita e sua irmã Antíope foi raptada por Teseu, as amazonas, em represália, invadiram Atenas, mas o seu exército foi aniquilado.
Em geral, são representadas à cavalo, armadas de arco e lança, ou com machadinha de combate e escudo.
Essa lenda clássica recebeu novo alento quando Orellana, ao descer pela primeira vez o rio Amazonas, relatou que combateu com uma tribo de mulheres guerreiras como as amazonas, o que deu origem ao nome do grande rio

Profª Zilda e Dr. Profº França

Profª Zilda e Dr. Profº França

Esta é a mais nova netinha do Voinho, a Maria Valentina

ORAÇÃO DOS ANIMAIS DA POETISA IVANA M F NEGRI DECLAMADA POR BETTY GOFFMAN NO DOMINGÃO DO FAUSTÃO

Ocorreu um erro neste gadget