"VOINHO"

Geraldo Victorino de França é engenheiro agrônomo, professor aposentado da Esalq/USP – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. Foi casado com a professora Zilda Giordano Victorino de França, tiveram 4 filhos, 12 netos e cinco bisnetas. Os verbetes surgiram como um hobby,enviados pela Internet aos filhos e netos. São curiosidades e notas explicativas sobre temas diversos. Como são assuntos interessantes e educativos, surgiu a ideia de compilá-los num livro. Muitos desses verbetes já foram publicados na Enciclopédia Agrícola Brasileira, editada pela Esalq/USP e também na coluninha PLANETA TERRA que era publicada aos sábados no Jornalzinho, suplemento infantil do JORNAL DE PIRACICABA. Também já colaborou na coluna PECADOS DA LÍNGUA, coordenada por Elisa Pantaleão, veiculada aos sábados no jornal A GAZETA DEPIRACICABA.
É membro da Academia Piracicabana de Letras - Cadeira n° 27 - Patrono: Salvador de Toledo Pisa Junior

“Voinho” é o apelido carinhoso como é chamado pelos netos e bisnetas.

Seguidores

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Voinho, neta e bisnetas

Aprendendo com o Voinho

Aprendendo com o Voinho
by Mara Bombo

domingo, 30 de outubro de 2011

CONHECENDO O SACI-PERERÊ

Geraldo Victorino de França (Voinho)
Saci-Pererê, ou simplesmente Saci, é um personagem do folclore brasileiro, bastante conhecido
de norte a sul. É um negrinho de uma perna só, com um gorro vermelho e com cachimbo na boca, que sai à noite, perturbando os viajantes e tropeiros, pedindo fumo e fazendo-os errar o caminho. Vive fazendo diabruras, como poe exemplo, fazer trança na crina dos cavalos.
É superstição bastante generalizada entre os roceiros, colocar fumo para o Saci nos galhos das
árvores, a fim de evitar as suas diabruras. Há uma outra versão, de origem tupi-guarani, segundo a qual o Saci é uma ave encantada. Porém, a forma mais popular é a descrita anteriormente.
O Saci tornou-se figura popular devido ao grande escritor Monteiro Lobato, autor da obra " O Saci ".

sábado, 29 de outubro de 2011

CONHECENDO OS PAÍSES QUE MUDARAM DE NOME

Geraldo Victorino de França (Voinho)
Nome antigo Nome atual
Zaire....................... Congo
Honduras Britânica... Belize
Daomé..................... Benin
Alto Volta................. Burkina Fasso
Somália Francesa... Djibuti
Abissínia................. Etiópia
Pérsia..................... Irã
Basutolândia........... Lesoto
Niasalândia............. Malawi
Birmânia................. Miannia
Ceilão.................... Sri Lanka
Sião....................... Tailândia
Tanganica e Zanzibar......... Tanzânia
Indochina.............. Vietnã
Rodésia do Sul..... Zimbabue
Rodésia do Norte.. Zâmbia

Há também o caso de países que sofreram desmembramentos por decisões políticas, como por exemplo: a) Tchecoslováquia, que foi desmembrada em dois países: República Tcheca e Eslováquia; b) a U.R.S.S. ( União das Repúblicas Socialistas Soviéticas), composta por 15 países, entre os quais a Rússia, a Ucrânia , o Casaquistão, etc.

terça-feira, 25 de outubro de 2011

HOJE É ANIVERSÁRIO DO VOINHO!!!!

FELIZ ANIVERSÁRIO, VOINHO!!!
Parabéns pelos 86 anos de vida!

sábado, 22 de outubro de 2011

CURIOSIDADES DO REINO ANIMAL - 5



Geraldo Victorino de França ( Voinho)

a) As corujas são aves de rapina noturnas, com cabeça grande, redonda e chata; bico curto, curvo e forte. Há mais de uma centena de espécies no mundo, das quais cerca de 30 são encontradas no Brasil. Alimentam-se exclusivamente de pequenos animais vivos (ratos, insetos, lagartixas, etc. ). Popularmente, são tidas como aves de mau agouro.
b) Os sapos são animais anuros ( sem cauda ), anfíbios ( vivem na água e na terra ) e insetívoros ( comem insetos ). Possuem pele rugosa, com várias glândulas contendo veneno, porém, não têm órgão inoculador. Se algum animal ( como o cão ) morder um sapo, sua boca espuma abundantemente, podendo até morrer. Por isso, o veneno de sapo era usado pelos índios na ponta de suas flechas.
c) Lagartixa é a denominação geral dos pequenos répteis da família dos Geconídeos de cabeça grande em relação ao corpo, dedos dilatados com função de ventosas, permitindo que subam em paredes. Costumam aparecer à noite, freqüentemente junto aos focos de luz, a fim de caçar insetos. Quando perseguidas, soltam a cauda para iludir o perseguidor, sendo
que, posteriormente, a cauda se regenera.
d) O camelo é um mamífero ruminante, adaptado à vida no deserto. Tem no dorso duas corcovas ( camelo propriamente dito ) ou uma corcova ( dromedário ), as quais são verdadeiros depósitos de gordura, da qual o animal se nutre quando não encontra alimento. Em seu estômago existem pequenas cavidades onde a água é armazenada, o que lhe permite
passar vários dias sem beber água.

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

CONHECENDO A ESTRUTURA DA TERRA

Geraldo Victorino de França (Voinho)

A estrutura do nosso planeta consta das seguintes camadas: a) atmosfera ou envoltório gasoso ( ar ); b) hidrosfera, constituída pelas massas d'água; c) litosfera ou crosta rochosa; d) pirosfera ou manto; e) barisfera ou núcleo.
A atmosfera tem aproximadamente 1.000km de altura, sendo composta essencialmente por 78% de nitrogênio, 21% de oxigênio e 1% de outros gases ( argônio, dióxido de carbono, ozônio, etc. ). Contém ainda vapor d'água em proporção variável de 0 a 4%.
A hidrosfera é representada pelas massas d'água que constituem os oceanos, mares, lagos, rios, geleiras e neves eternas.
Na litosfera distinguem-se a crosta continental e a crosta oceânica. A crosta continental ocupa cerca de 30% da superfície da Terra, com espessura variável, podendo atingir 70km; a crosta oceânica possui espessura menor. Ambas são constituídas principalmente por granito e basalto, rochas em cuja composição predominam silicatos de alumínio ( Sial ). A sua temperatura aumenta à razão de 0,5 graus centígrados para cada 33m de profundidade, devendo atingir 1.000 graus à profundidade de 33km.
Abaixo da litosfera encontra-se a pirosfera, cuja espessura é pouco superior a 3.000km, representando cerca de 82% do volume da Terra. Na sua composição predominam silicatos de magnésio ( Sima ),
A parte central da Terra é chamada barisfera ou núcleo, onde a temperatura deve atingir valores elevadíssimos. Supõe-se que a sua composição é formada principalmente por níquel e ferro ( Nife ).

terça-feira, 18 de outubro de 2011

CONHECENDO OS ANIMAIS DOMÉSTICOS


Geraldo Victorino de França (Voinho)

O homem primitivo obtinha seu alimento de animais silvestres ( caça e pesca ) e de plantas naturais, espontâneas. Depois aprendeu a agricultura ( plantas cultivadas ) e a criação de animais domésticos, assim chamados em oposição aos animais silvestres, que têm vida livre, na natureza.
Os animais domésticos são criados na própria casa do homem ( animais caseiros ), ou nas fazendas, em pastagens e/pou instalações apropriadas - estábulo, cavalariça, pocilga, galinheiro, apiário, etc.
Os animais domésticos são utilizados para várias finalidades, a saber:
a) fonte de alimentos - carne, leite, banha, ovos, mel, etc. Os principais animais deste grupo são: boi de corte, vaca leiteira, porco, cabra, coelho, galinha, peru, abelha, etc.
b) fonte de matérias-primas para vestuário - couro, peles, lã, seda, etc. Principais exemplos: boi, ovelha, bicho-da-seda, etc.
c) montaria e força de trabalho: cavalo, boi, burro, camelo, lhama, etc.
d) estimação e recreação:cão, gato, papagaio, etc.
e) pesquisa científica: cobaia.
Todos os animais domésticos descendem de animais selvagens. O primeiro a ser domesticado foi provavelmente o cão, como auxiliar na caça. Depois foram sendo domesticados o boi de corte, a vaca leiteira, a ovelha, a cabra e o porco. Depois seguiram-se as aves: galinha, ganso, pato, peru, etc.
Os animais que servem ao homem como bestas de carga também foram domesticados em épocas remotas, porém não tanto como os animais produtores d carne e leite. O burro e o cavalo foram, provavelmente, os primeiros. Supõe-se que o cavalo tenha sido domesticado depois. A lhama é usada como animal de carga nas regiões andinas.

domingo, 16 de outubro de 2011

CURIOSIDADES DO REINO MINERAL - 2


Geraldo Victorino de França (Voinho)

1. A água é a única substância que se encontra na natureza, simultaneamente, nos três estados da matéria: a) sólido - geleiras; b) líquida - oceanos e mares ( água salgada ) e rios e lagos´( água doce ); c) gasoso - vapor d'água ( nuvens ).
2. Por outro lado, o carbono é um elemento químico que se encontra sob duas formas completamente distintas: a) cristalina - diamante; b) amorfa - carvões. Estes, de acordo com o grau decrescente de volatilidade e crescente de conteúdo de carbono, classificam-se em: lenhito, hulha e antracito.
3. O carbono, pela capacidade de suas moléculas se ligarem umas às outras, formando cadeias longas, dá origem a um número enorme de compostos, chamados orgânicos porque se encontram nos organismos vivos - proteínas, carboidratos, lipídeos, etc, os quais constituem objeto de estudo da Química Orgânica, mais ampla e mais complexa que a Química de todos os demais elementos que, com os seus derivados, são objeto de estudo da Química Inorgânica ou Mineral.
4. O número de compostos orgânicos é de cerca de 500.000, contra aproximadamente 30.000 compostos inorgânicos ou minerais.
5. O mercúrio é o único elemento químico metálico que, sob temperaturas normais, se apresenta no estado líquido.

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

DIA DO PROFESSOR

15 de outubro é dia de render homenagens aos professores, e nada mais justo do que o Blog do Voinho homenagear a professora Zilda , a voinha, com esta linda foto no dia de sua formatura na Escola Normal Sud Mennucci.

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Dia das Crianças!

As bonecas do Voinho!

Maria Valentina - neta
Ana Clara - bisneta
Talita - bisneta
Mariana - bisneta

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

CONHECENDO OS NOMES DE ANIMAIS E SEUS FILHOTES


Geraldo Victorino de França (Voinho)

Macho Fêmea Filhote
1, boi, touro vaca bezerro
2. cavalo égua potro
3. bode cabra cabrito
4. carneiro ovelha borrego
5. porco porca leitão
6. galo galinha pinto
7. leão leoa leãozinho
8. gato gata gatinho
9. cão cadela cãozinho
10. tigre tigresa tigrinho
11. rã macho rã fêmea girino
12. peixe macho peixe fêmea alevino
13. urso ursa ursinho
14. onça macho onça fêmea oncinha
15. inseto macho inseto fêmea larva, lagarta
16. pato pata patinho
17. peru perua peruzinho

sábado, 8 de outubro de 2011

CONHECENDO OS SONS DA LETRA " X "


Geraldo Victorino de França (Voinho)

Na língua portuguesa a letra " x " assume vários sons, como por exemplos:
a) Som de z b) Som de ch
exame abacaxi
exato enxame
exibir enxurrada
execução mexerico
exemplo lixo
exército peixe
exílio roxo
êxito taxa
êxodo xerife
exoneração xícara
c) Som de s b) Som de cç
auxílio amplexo
exceção anexo
exclamação axila
exploração boxe
exposição flexão
êxtase maxilar
sexto óxido
explicação taxi
texto taxonomia

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Conhecendo os pássaros

Desenho a lápis de cor de Geraldo Victorino de França Júnior

Geraldo Victorino de França ( Voinho)

Os pássaros constituem a ordem Passeriformes, uma das 27 ordens da classe Aves. É a ordem mais numerosa, com cerca de 5.700 espécies, que representam mais de 50% do total de espécies de aves.
Caracterizam-se não só pelo tamanho, geralmente reduzido, como também por certos caracteres, tais como: a) bico com ceroma na base; b) dois pés com três dedos dirigidos para diante e um para trás; c) tarso ( parte posterior do pé ) sem penas, etc.
Os machos são, em geral, maiores que as fêmeas. O bico tem tamanho e feitio muito variáveis, desde o do curió e do bicudo, que é curto e grosso, até o de certos arapaçus, que é fino, longo e encurvado. É quase ilimitada a diversidade da plumagem, tanto na forma e disposição das penas, como no colorido, destacando-se a cauda longa e bifurcada da tesourinha, o majestoso topete do leque e o colorida variegado da saíra.
Os pássaros geralmente constroem seus ninhos a céu aberto, no solo ou nos galhos das árvores, utilizando palha de capim, gravetos, pequenas raízes, etc. A máxima perfeição se encontra entre os que fazem os ninhos em forma de longas bolsas pendentes, como o japu, ou com terra úmida, como o joão-de-barro.
O regime alimentar é diversificado, pois nele predominam ora produtos vegetais, como frutos, sementes e néctar, ora produtos animais, principalmente insetos adultos e suas larvas.
De acordo com a anatomia da garganta, há pássaros que gritam como: araponga, bem-te-vi, etc.; e há os que cantam, como sabiá, rouxinol, canário, pintassilgo, etc. Frequentemente, os pássaros canoros são aprisionados e mantidos em gaiolas, para deleite de seus aprisionadores.

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Curiosidades do Reino Animal -7

Geraldo Victorino de França ( Voinho )

a) O peixe-voador, que vive em mar aberto, em cardumes numerosos, possui enormes nadadeiras peitorais em forma de asas, as quais lhe permitem escapar de seus predadores saltando para fora d'água e planando no ar, às vezes numa distância de até 200 metros.
b) O bicho-da-seda é a larva de uma mariposa que se alimenta exclusivamente de folhas de amoreira. Na fase final do seu desenvolvimento ( crisálida ), tece um casulo. Quando se visa a produção de seda, a crisálida é morta por água quente, dentro do casulo.
c) É sabido que a baleia é um mamífero aquático. O que pouca gente sabe, é como o filhote de baleia mama. As glândulas mamárias da baleia-mãe jorram o leite na água; o leite é tão gorduroso que não se mistura à água, e assim o filhote pode bebê-lo.
d) A reprodução dos peixes é ovípara, isto é, por meio de ovos. Na maioria dos casos, a fêmea põe na água grande número de ovos; o macho a acompanha e espalha o esperma sobre os ovos depositados pela fêmea. Os filhotes que nascem chamam-se alevinos.
e)O musaranho é o menor dos mamíferos. Semelhante ao camundongo, ele mede 5 a 10 centímetros e pesa apenas 15 a 20 gramas; mas ataca e devora pequenos animais que chegam a ter o dobro do seu tamanho. Ao nascer, pelado e de olhos fechados, o musaranho é menor que uma abelha e pesa cerca de 2 gramas.

sábado, 1 de outubro de 2011

CONHECENDO OS MOLUSCOS


Geraldo Victorino de França (Voinho)

Os Moluscos constituem um ramo do reino animal, representado por invertebrados que se caracterizam por ter o corpo mole, formado por uma cabeça anterior, uma massa visceral envolta por um manto carnoso, e um pé ventral
que serve para a locomoção. Na maioria das espécies, o manto é revestido por uma concha calcária, de forma e tamanho variáveis.
Depois dos insetos, é o grupo mais numeroso do reino animal, com cerca de 85.000 espécies. Podem ser divididos em seis classes, das quais as três mais importantes são: Gasterópodes, Bivalves e Cefalópodes.
a) Gasterópodes. São os moluscos mais numerosos, vivendo no mar, em rios ou em terra. Possuem concha feita de uma única peça, enrolada em espiral ( caracol ), ou mesmo ausente ( lesma ).
b) Bivalves. São todos aquáticos - marinhos ou de água doce, dotados de uma concha com duas valvas ( daí o seu nome ), iguais ou diferentes. Exemplos: ostra, marisco, mexilhão.
c) Cefalópodes. São todos marinhos, de corpo nu ( exceto o náutilo ); alguns possuem uma concha interna, como a siba. A cabeça é grande, provida de tentáculos possuindo ventosas. Podem ser octópodes ( 8 tentáculos ), como o polvo; ou decápodes ( 10 tentáculos ), como a siba e a lula.
Os moluscos constituem um ítem importante na alimentação humana

Profª Zilda e Dr. Profº França

Profª Zilda e Dr. Profº França

Esta é a mais nova netinha do Voinho, a Maria Valentina

ORAÇÃO DOS ANIMAIS DA POETISA IVANA M F NEGRI DECLAMADA POR BETTY GOFFMAN NO DOMINGÃO DO FAUSTÃO

Ocorreu um erro neste gadget