"VOINHO"

Geraldo Victorino de França é engenheiro agrônomo, professor aposentado da Esalq/USP – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. Foi casado com a professora Zilda Giordano Victorino de França, tiveram 4 filhos, 12 netos e cinco bisnetas. Os verbetes surgiram como um hobby,enviados pela Internet aos filhos e netos. São curiosidades e notas explicativas sobre temas diversos. Como são assuntos interessantes e educativos, surgiu a ideia de compilá-los num livro. Muitos desses verbetes já foram publicados na Enciclopédia Agrícola Brasileira, editada pela Esalq/USP e também na coluninha PLANETA TERRA que era publicada aos sábados no Jornalzinho, suplemento infantil do JORNAL DE PIRACICABA. Também já colaborou na coluna PECADOS DA LÍNGUA, coordenada por Elisa Pantaleão, veiculada aos sábados no jornal A GAZETA DEPIRACICABA.
É membro da Academia Piracicabana de Letras - Cadeira n° 27 - Patrono: Salvador de Toledo Pisa Junior

“Voinho” é o apelido carinhoso como é chamado pelos netos e bisnetas.

Seguidores

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Voinho, neta e bisnetas

Aprendendo com o Voinho

Aprendendo com o Voinho
by Mara Bombo

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

CONHECENDO AS PLANTAS AROMÁTICAS


Geraldo Victorino de França (Voinho)

              São numerosas as plantas que armazenam óleos essenciais ( ou essências ) em células especiais dos seus tecidos. Tais reservatórios podem localizar-se em qualquer órgão da planta, desde as raízes até os frutos. São óleos voláteis, isto é, evaporam-se e  exalam um odor agradável. Por isso, são muito utilizados em perfumaria e, secundariamente, como condimentos e como medicamentos.
                 O Brasil é grande produtor de óleos essenciais, destacando-se os óleos cítricos, de pau-rosa, de  sassafrás, menta, eucalipto, gerânio, capim-limão,  citronela, vetiver, palma-rosa, etc.
                Dentre as árvores que fornecem cumarina - substância usada em perfumaria, destacam-se o cumaru, uma árvore amazônica, e a amburama, uma leguminosa da caatinga nordestina.
                De várias madeiras, como diferentes espécies de eucalípto, pau-rosa, sassafrás, etc. se extraem diversos óleos essenciais, como linalol, safrol, citronelol, etc. Dentre as ervas produtoras de essências, incluem-se:menta, gerânio, capim-limão, vetiver, etc.

                 As plantas cítricas ( grupo da laranjeira ) são grandes produtoras de óleos essenciais, que podem  ser extraídos dos frutos, das cascas, das folhas ou das flores.

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

CONHECENDO OS HIPÉRBATOS

               

Geraldo Victorino de França (Voinho)


                 Hipérbato ou anástrofe é uma figura de construção que consiste na inversão da ordem natural das palavras de uma frase. Vejamos alguns exemplos:
               a) O início da letra do Hino Nacional Brasileiro: " Ouviram do Ipiranga as margens plácidas, de um povo heróico o brado retumbante ". Na ordem natural, a frase ficaria assim: As margens plácidas do Ipiranga ouviram o brado retumbante de um povo heróico.
               b) A frase de Gonçalves Magalhães sobre  o rio Amazonas: " Baliza natural, ao norte avulta o das águas gigante caudaloso ". A ordem natural das palavras seria: Baliza natural, ao norte avulta o gigante caudaloso das águas.
               c) A frase de Camões na obra Lusíadas: " A grita se alevanta ao céu da gente ", em vez de: A grita da gente se alevanta ao céu.
                Quando a inversão das palavras cria confusão, tornando difícil a compreensão da frase, recebe o nome de sínquise. O exemplo do item c) exemplifica mais propriamente uma sínquise.

quinta-feira, 10 de setembro de 2015

CONHECENDO NOMES DE ANIMAIS QUE SÃO SOBRENOMES DE PESSOAS


Geraldo Victorino de França (Voinho)
 
          1. Abelha                    12. Gato
          2. Aranha                    13. Grilo
          3. Barata                    14. Leão
          4. Bezerra                   15. Lobo
          5. Camarão                 16. Pato
          6. Carneiro                  17. Pavão
          7. Cobra                      18. Pinto
          8. Coelho                     19. Pombo
          9. Dourado                   20. Raia
         10. Falcão                    21. Raposo

         11. Galo                       22. Tigre

sexta-feira, 4 de setembro de 2015

CONHECENDO A ANTÁRTIDA


Geraldo Victorino de França (Voinho)

                A Antártida é um continente ainda pouco conhecido, localizado em torno do pólo  sul, grosseiramente delimitado pelo círculo polar Antártico e rodeado pelo
Oceano Glacial Antártico. A sua periferia é praticamente desconhecida, pois barreiras de gelo são muitas vezes confundidas com o próprio litoral. Calcula-se que a sua superfície seja intermediária entre a da Austrália e a da América do Sul, com cerca de 12 milhões de quilômetros quadrados.
                Na Antártida, o Sol jamais se levanta no meio do inverno e jamais se põe no meio do verão. É a  região mais fria do mundo, superando a do Ártico em cerca de 22 graus centígrados. Mesmo nos meses menos  frios ( dezembro e janeiro ), a temperatura média é inferior a O graus. Por isso, o gelo não se derrete, nem  mesmo no verão, formando uma enorme calota de gelo compacto, chamada " inlandsis ", que em certos trechos chega a ter 4.000 - 5.000 metros de espessura. Recobre todo o continente, com exceção de algumas montanhas, e avança pelo mar, constituindo as bordas  de barrancos com 20 a 50 metros de altura, de onde se destacam grandes blocos de gelo flutuantes (icebergs). Ventos fortes sopram a partir do centro dessa enorme  massa de gelo.
                  É o continente de maior altitude média,  aproximadamente 2.000 metros. Caracteriza-se por sua  pobreza biológica. A vegetação se limita a alguns musgos e líquens, em tufos dispersos, nos lugares favoráveis, geralmente na faixa litorânea. O interior do continente é inteiramente sem vida. A fauna consiste de alguns insetos e aves marinhas, principalmente o pinguim imperador. Já o mar possui abundância de plâncton  e de peixes, e de animais que deles se alimentam, como baleias e focas.
                 A Antártida não é habitada por humanos. apenas expedições científicas são feitas esporadicamente.

Profª Zilda e Dr. Profº França

Profª Zilda e Dr. Profº França

Esta é a mais nova netinha do Voinho, a Maria Valentina

ORAÇÃO DOS ANIMAIS DA POETISA IVANA M F NEGRI DECLAMADA POR BETTY GOFFMAN NO DOMINGÃO DO FAUSTÃO

Ocorreu um erro neste gadget