"VOINHO"

Geraldo Victorino de França é engenheiro agrônomo, professor aposentado da Esalq/USP – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. Foi casado com a professora Zilda Giordano Victorino de França, tiveram 4 filhos, 12 netos e cinco bisnetas. Os verbetes surgiram como um hobby,enviados pela Internet aos filhos e netos. São curiosidades e notas explicativas sobre temas diversos. Como são assuntos interessantes e educativos, surgiu a ideia de compilá-los num livro. Muitos desses verbetes já foram publicados na Enciclopédia Agrícola Brasileira, editada pela Esalq/USP e também na coluninha PLANETA TERRA que era publicada aos sábados no Jornalzinho, suplemento infantil do JORNAL DE PIRACICABA. Também já colaborou na coluna PECADOS DA LÍNGUA, coordenada por Elisa Pantaleão, veiculada aos sábados no jornal A GAZETA DEPIRACICABA.
É membro da Academia Piracicabana de Letras - Cadeira n° 27 - Patrono: Salvador de Toledo Pisa Junior

“Voinho” é o apelido carinhoso como é chamado pelos netos e bisnetas.

Seguidores

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Voinho, neta e bisnetas

Aprendendo com o Voinho

Aprendendo com o Voinho
by Mara Bombo

sexta-feira, 30 de novembro de 2018

CONHECENDO A LENDA DO CURUPIRA



Geraldo Victorino de França (Voinho)

                       O Curupira é uma criatura do folclore brasileiro. É geralmente representado como um menino escurinho, de cabelos compridos e vermelhos, com os pés invertidos - dedos para trás e calcanhares para frente. É o protetor das árvores e dos animais que habitam as florestas, espantando os lenhadores e os caçadores..
                      Não é um gênio bom, é antes enganador. Seus pés virados para trás deixam rastros falsos no chão, iludindo os perseguidores.
                       Engana-os com assobios e sinais falsos, sendo considerado um " gênio da mentira ". Gosta de fumo e pinga; e tem medo da cruz, mudando de itinerário se encontra alguma.
                      Por sua vez, os lenhadores e caçadores procuram suborná-lo com oferendas deixadas em lugares estratégicos.
                      A sua lenda é bastante difundida no Brasil e nos países vinhos, mas suas características variam . Em algumas versões o Curupira; em outras, tem orelhas enormes ou é totalmente calvo, podendo ou não, portar um machado.

quinta-feira, 22 de novembro de 2018

ESCLARECENDO ALGUMAS DÚVIDAS



Geraldo Victorino de França (Voinho)

                       a) Por que ocorrem as fases da Lua?
                       A forma real da Lua é uma esfera. A Lua gira em torno da Terra e ambas giram em torno do Sol. Conforme a posição que a Lua se encontra, em relação ao observador terrestre e o Sol, adquire aspectos diferentes, chamados fases da Lua. As principais são quatro: lua nova, quarto crescente, lua cheia e quarto minguante.
                      Quando a Terra fica entre a Lua e o Sol, vê-se uma das metades completamente iluminada ( lua cheia ). Se, ao contrário, a Lua fica entre a Terra e o Sol, não vemos a face iluminada, que fica do outro lado do observador ( lua nova ). Quando a Lua se coloca em posições intermediárias, só vemos pequenas partes da face iluminada ( quarto crescente e quarto minguante ).
                       b) Por que a maioria dos países islâmicos tem o nome terminado em " istão " ?
                       Presente no nome de países islâmicos como Afeganistão, Cazaquistão e Uzbequistão, o sufixo " istão " vem da raiz iraniana " stam", que significa lugar, país.
                       c) Por que os catarinenses são chamados de " barriga-verdes " ?
                       A explicação é a seguinte: os catarinenses são " barriga-ver-des de tanto tomar erva-mate.


sexta-feira, 16 de novembro de 2018

CONHECENDO A HISTÓRIA DE CONFÚCIO



Geraldo Victorino de França (Voinho)

               Confúcio é um personagem da mitologia  chinesa, considerado o fundador do Confucionismo. Foi  um dos grandes mestres do Oriente, conhecido como Mestre Supremo. Seu nome é a latinização de três palavras chinesas: Kung Fu-Tzu ( mestre Kong ).
               Nasceu numa pequena cidade no estado de Lu, hoje Shantung. Esse estado é chamado " terra santa " pelos chineses. Seu pai, Shu-Liang Ho, magistrado e guerreiro de certa fama, tinha 70 anos quando casou com a mãe de Confúcio, uma jovem de 15 anos chamada Yen Chang Tsai. Dos 11 filhos, Cofúcio era o mais novo. Seu pai morreu quando ele tinha 3 anos de idade, o que o obrigou a trabalhar desde muito jovem para ajudar no sustento da família.
                 Aos 15 anos, Confúcio resolveu dedicar-se à busca do aprendizado. Aos 19 anos casou-se  com uma jovem chamada Chi-Kuan, mas se divorciou alguns anos depois. Aos 22 anos começou a ensinar, segundo dizia, a maneira de viver com sabedoria e ser feliz.
                 Não criou nenhum sistema filosófico. O conceito fundamental da ética confuciana é " jen ", que se  tem traduzido por benevolência, humanidade, bondade, amor, etc. Por isso, seus ensinamentos parecem os de um chefe religioso.
                 Os discursos e ensinamentos de Confúcio foram compilados após sua morte e compõem o Analetos, um dos 11 textos clássicos do Confucionismo.

quinta-feira, 8 de novembro de 2018

ESCLARECENDO ALGUMAS DÚVIDAS



Geraldo Victorino de França (Voinho)

                       a) O que é Olimpo?
                       Olimpo é  nome de um maciço montanhoso da Grécia, com pico de 2.911 metros de altitude, situado na parte norte da Tessália, próximo ao mar Egeu. Os antigos gregos localizavam nessas montanhas a morada dos deuses.
                       b) Por que os pássaros  voam em formação de V?
                 Porque a formação em V ajuda a economia de energia. Aqueles que vão na frente reduzem a resistência do ar, facilitando o voo para os outros. Quando os que estão na frente se cansam, eles são substituídos por outros menos cansados.
                       c) Por que a abelha morre depois de picar uma pessoa?
                  A abelha operária, encarregada da proteção da colméia, tem um ferrão provido de pequenas farpas, o que impede que seja retirada com facilidade da pele humana. Depois de dar a ferroada, a abelha tenta escapar, mas por causa das farpas, a parte posterior do abdome, onde se localiza o ferrão, fica presa na pele da pessoa picada e, por isso, a abelha morre.
                     d) É verdade que as cigarras cantam até explodir?
                      Não é verdade. Como elas deixam a casquinha vazia nas árvores, depois de saírem do casulo, as pessoas menos esclarecidas pensam que elas cantam até explodir.

quarta-feira, 24 de outubro de 2018

CONHECENDO OS CANHÕES

(foto Google)


Geraldo Victorino de França (Voinho)

                 A palavra canhão tem dois significados: a)  peça de artilharia; b) vale profundo e escarpado, também chamado " canyon " ou desfiladeiro.
                 Aqui, vamos tratar do segundo caso, ou seja, um acidente geográfico. É definido como um vale  muito profundo e encaixado entre rochas, com vertentes quase verticais, formando uma série de degraus ou  patamares. Geralmente se formam em rochas sedimentares, por efeito da erosão pelas águas turbulentas, à jusante de cachoeiras. O exemplo clássico é o do rio Colorado, no sudoeste dos Estados Unidos, chamado " Grand Canyon ". Apresenta dimensões espetaculares, com desníveis entre 1.000 e 1.600 metros, entre a superfície do planalto e o fundo da calha, expondo camadas de rochas de diferentes formações geológicas. É ponto de atração turística.
                No Brasil, temos dois bons exemplos:a) o canhão do rio São Francisco, à jusante da Cachoeira de Paulo Afonso; b) o canhão do rio Iguaçu, situado à  jusante das cataratas desse rio, conhecido como " Garganta do Diabo ".
                Também existem canhões submarinos, entalhados no talude continental, que constitui a borda exterior e íngreme da plataforma continental;

domingo, 7 de outubro de 2018

Lançamento do livro "Aprendendo com o Voinho" volume 5

No Recanto dos Livros, aconteceu a manhã de autógrafos do acadêmico Geraldo Victorino de França, com a presença de familiares e amigos.
Aos 93 anos, lança a quinta edição do livro de Verbetes variados "Aprendendo com o Voinho".
Publicado pela Audaxia editora e tendo como prefaciador Armando Alexandre dos Santos.

(fotos Nascimento e Ivana)



































































Profª Zilda e Dr. Profº França

Profª Zilda e Dr. Profº França

Esta é a mais nova netinha do Voinho, a Maria Valentina

ORAÇÃO DOS ANIMAIS DA POETISA IVANA M F NEGRI DECLAMADA POR BETTY GOFFMAN NO DOMINGÃO DO FAUSTÃO