"VOINHO"

Geraldo Victorino de França é engenheiro agrônomo, professor aposentado da Esalq/USP – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. Foi casado com a professora Zilda Giordano Victorino de França, tiveram 4 filhos, 12 netos e cinco bisnetas. Os verbetes surgiram como um hobby,enviados pela Internet aos filhos e netos. São curiosidades e notas explicativas sobre temas diversos. Como são assuntos interessantes e educativos, surgiu a ideia de compilá-los num livro. Muitos desses verbetes já foram publicados na Enciclopédia Agrícola Brasileira, editada pela Esalq/USP e também na coluninha PLANETA TERRA que era publicada aos sábados no Jornalzinho, suplemento infantil do JORNAL DE PIRACICABA. Também já colaborou na coluna PECADOS DA LÍNGUA, coordenada por Elisa Pantaleão, veiculada aos sábados no jornal A GAZETA DEPIRACICABA.
É membro da Academia Piracicabana de Letras - Cadeira n° 27 - Patrono: Salvador de Toledo Pisa Junior

“Voinho” é o apelido carinhoso como é chamado pelos netos e bisnetas.

Seguidores

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Voinho, neta e bisnetas

Aprendendo com o Voinho

Aprendendo com o Voinho
by Mara Bombo

terça-feira, 6 de abril de 2010

RENASCENÇA

(Monalisa de Leonardo Da Vinci - Museu do Louvre - França)

CONHECENDO A RENASCENÇA
Geraldo Victorino de França (Voinho)

Renascença ou Renascimento são termos aplicados ao movimento de renovação artística e literária iniciado na Itália, no século XIV e que atingiu o seu apogeu no século XVI, influenciando várias outras regiões da Europa.
Após a Antiguidade, as artes e o pensamento haviam sofrido um período de obscurantismo durante a Idade Média, por alguns chamada a Idade das Trevas. O movimento renascentista, principalmente nos séculos XV e XVI, procura suprir essa deficiência.
Para Vassari, a expressão artística só consegui encontrar um verdadeiro caminho com Giotto; e o ponto culminante dessa renovação foi atingido com Michelangelo e Leonardo da Vinci. Na literatura destacaram-se Petrarca, Bocaccio e Dante, na Itália; Rabelais, na França, Cervantes, na Espanha; Shakespeare, na Inglaterra.
Na arquitetura, Bramante, Palladis e Alberti inspiraram-se em modelos clássicos enquanto Michelangelo, Rafael e Ticiano, apresentaram uma nova abordagem da figura humana. Os astrônmos Kepler, Copérnico e Galileu propuseram novas teorias sobre o movimento dos pla-
netas.

Nenhum comentário:

Profª Zilda e Dr. Profº França

Profª Zilda e Dr. Profº França

Esta é a mais nova netinha do Voinho, a Maria Valentina

ORAÇÃO DOS ANIMAIS DA POETISA IVANA M F NEGRI DECLAMADA POR BETTY GOFFMAN NO DOMINGÃO DO FAUSTÃO

Ocorreu um erro neste gadget