"VOINHO"

Geraldo Victorino de França é engenheiro agrônomo, professor aposentado da Esalq/USP – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. Foi casado com a professora Zilda Giordano Victorino de França, tiveram 4 filhos, 12 netos e cinco bisnetas. Os verbetes surgiram como um hobby,enviados pela Internet aos filhos e netos. São curiosidades e notas explicativas sobre temas diversos. Como são assuntos interessantes e educativos, surgiu a ideia de compilá-los num livro. Muitos desses verbetes já foram publicados na Enciclopédia Agrícola Brasileira, editada pela Esalq/USP e também na coluninha PLANETA TERRA que era publicada aos sábados no Jornalzinho, suplemento infantil do JORNAL DE PIRACICABA. Também já colaborou na coluna PECADOS DA LÍNGUA, coordenada por Elisa Pantaleão, veiculada aos sábados no jornal A GAZETA DEPIRACICABA.
É membro da Academia Piracicabana de Letras - Cadeira n° 27 - Patrono: Salvador de Toledo Pisa Junior

“Voinho” é o apelido carinhoso como é chamado pelos netos e bisnetas.

Seguidores

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Voinho, neta e bisnetas

Aprendendo com o Voinho

Aprendendo com o Voinho
by Mara Bombo

segunda-feira, 31 de maio de 2010

Conheça a Fauna Marinha

Conhecendo a Fauna Marinha
Geraldo Victorino de França (Voinho)

Os mares e oceanos são meios privilegiados para várias formas de vida. Aliás, admite-se que a vida iniciou-se no mar.
Como meio favorável para a vida, as águas salgadas do mar abrigam maior número de
organismos do que os meios terrestres, por diversas razões: a) temperaturas menos instáveis; b)
suprimento de água muito mais fácil; c) suprimento de oxigênio e dióxido de carbono necessários
à sua existência; d) suprimento de sais minerais indispensáveis ao seu crescimento; e) voracida-
de com que os animais maiores devoram os menores.
De modo geral, existem vários grupos de animais marinhos, dentre os quais se
destacam os seguintes:
a) Peixes, com milhares de espécies, incluindo: atum, bacalhau, sardinha, cavalo-
marinho, tubarão, etc.
b) Mamíferos aquáticos, tais como baleia, orca, foca, golfinho, etc.
c) Moluscos: ostra, polvo, lula, etc.
d) Crustáceos: caranguejo, camarão, lagosta, etc.
e) Equinodermas: estrêla-do-mar, ouriço-do-mar, etc.
f) Celenterados: anêmona-do-mar, coral, medusa, etc.
g) Espongiários: esponjas
h) Anelídeos: vermes segmentados
i) Platielmintos: vermes achatados
j) Nematelmintos: nematóides
k) Animais microscópicos que constituem o zooplâncton.
A comunidade dos animais marinhos distribui-se por três ambientes distintos:
a) camada superficial das águas marinhas, habi-
tada por numerosos animais microscópicos e
plantinhas flutuantes que constituem o plâncton;
b) zona costeira ou litorânea, onde se encon-
tram vermes, moluscos ( caracol, lesma ), co-
rais e esponjas, crustáceos ( caranguejo, cama-
rão ) e a maior parte dos cardumes de peixes
comerciais;
c) zona do mar alto, onde vivem
peixes, lulas e polvos, tartarugas marinhas e ce-
táceos ( baleia, golfinho ).

Um comentário:

Anônimo disse...

Nice and thanks!

Profª Zilda e Dr. Profº França

Profª Zilda e Dr. Profº França

Esta é a mais nova netinha do Voinho, a Maria Valentina

ORAÇÃO DOS ANIMAIS DA POETISA IVANA M F NEGRI DECLAMADA POR BETTY GOFFMAN NO DOMINGÃO DO FAUSTÃO

Ocorreu um erro neste gadget