"VOINHO"

Geraldo Victorino de França é engenheiro agrônomo, professor aposentado da Esalq/USP – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. Foi casado com a professora Zilda Giordano Victorino de França, tiveram 4 filhos, 12 netos e cinco bisnetas. Os verbetes surgiram como um hobby,enviados pela Internet aos filhos e netos. São curiosidades e notas explicativas sobre temas diversos. Como são assuntos interessantes e educativos, surgiu a ideia de compilá-los num livro. Muitos desses verbetes já foram publicados na Enciclopédia Agrícola Brasileira, editada pela Esalq/USP e também na coluninha PLANETA TERRA que era publicada aos sábados no Jornalzinho, suplemento infantil do JORNAL DE PIRACICABA. Também já colaborou na coluna PECADOS DA LÍNGUA, coordenada por Elisa Pantaleão, veiculada aos sábados no jornal A GAZETA DEPIRACICABA.
É membro da Academia Piracicabana de Letras - Cadeira n° 27 - Patrono: Salvador de Toledo Pisa Junior

“Voinho” é o apelido carinhoso como é chamado pelos netos e bisnetas.

Seguidores

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Voinho, neta e bisnetas

Aprendendo com o Voinho

Aprendendo com o Voinho
by Mara Bombo

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Conhecendo a Atmosfera

CONHECENDO A ATMOSFERA
Geraldo Victorino de França (Voinho)

Atmosfera é a camada gasosa (ar) que envolve o globo terrestre. Tem aproximadamente 1.000 km de altura, embora vestígios dela possam ser encontrados acima desse limite. A atmosfera é mantida junto à Terra pela ação da gravidade.
De maneira geral, o ar que respiramos se compõe essencialmente de 78% de nitrogênio, 21% de oxigênio e 1% de outros gases ( argônio, dióxido de carbono e outros gases, chamados gases raros - ozônio, hidrogênio, hélio, etc. ).
Até 100 km a composição do ar é constante, sendo ess camada chamada homosfera; acima de 100 km até 1.000 km, predominam os gases leves ( nitrogênio, hélio, hidrogênio ), sendo essa camada chamada heterosfera; a partir de 1.000 km começa a exosfera, cujas moléculas mais leves escapam à ação da gravidade e se perdem no espaço interplanetário.
A atmosfera contém ainda vapor d'água, em proporção variável de 0 a 4%, resultante da evaporação das massas d'água existentes na superfície terrestre e da transpiração dos seres vivos. Sua presença não ultrapassa o limite de 4 km, sendo responsável pelos meteoros aquosos ( nuvens, chuva, neblina, orvalho, etc. ).
Na faixa de 20 a 100 km encontra-se uma camada difusa de ozônio, a qual funciona como filtro da radiação solar, servindo como barreira para os raios ultra-violetas, prejudiciais aos seres vivos.
Na faixa de altitude entre 80 e 400 km, os átomos e moléculas encontram-se eletricamente carregados ( ionizados ); por isso, essa camada é chamada ionosfera.

2 comentários:

Anônimo disse...

Amei , estava precisando dessa pesquisa ,muito obrigado!
beijokas Voinho!

Anônimo disse...

Amei , estava precisando dessa pesquisa ,muito obrigado!
beijokas Voinho!

Profª Zilda e Dr. Profº França

Profª Zilda e Dr. Profº França

Esta é a mais nova netinha do Voinho, a Maria Valentina

ORAÇÃO DOS ANIMAIS DA POETISA IVANA M F NEGRI DECLAMADA POR BETTY GOFFMAN NO DOMINGÃO DO FAUSTÃO

Ocorreu um erro neste gadget