"VOINHO"

Geraldo Victorino de França é engenheiro agrônomo, professor aposentado da Esalq/USP – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. Foi casado com a professora Zilda Giordano Victorino de França, tiveram 4 filhos, 12 netos e cinco bisnetas. Os verbetes surgiram como um hobby,enviados pela Internet aos filhos e netos. São curiosidades e notas explicativas sobre temas diversos. Como são assuntos interessantes e educativos, surgiu a ideia de compilá-los num livro. Muitos desses verbetes já foram publicados na Enciclopédia Agrícola Brasileira, editada pela Esalq/USP e também na coluninha PLANETA TERRA que era publicada aos sábados no Jornalzinho, suplemento infantil do JORNAL DE PIRACICABA. Também já colaborou na coluna PECADOS DA LÍNGUA, coordenada por Elisa Pantaleão, veiculada aos sábados no jornal A GAZETA DEPIRACICABA.
É membro da Academia Piracicabana de Letras - Cadeira n° 27 - Patrono: Salvador de Toledo Pisa Junior

“Voinho” é o apelido carinhoso como é chamado pelos netos e bisnetas.

Seguidores

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Voinho, neta e bisnetas

Aprendendo com o Voinho

Aprendendo com o Voinho
by Mara Bombo

sábado, 28 de maio de 2011

CONHECENDO OS TIPOS DE PRECIPITAÇÃO ATMOSFÉRICA

Geraldo Victorino de França  (Voinho)

Precipitação atmosférica é o nome que se dá ao fenômeno de queda ao solo, do vapor d'água contido na atmosfera e que resulta dos processos de : a) condensação; b) congelamento; c) saturação. O conceito abrange, portanto, não somente a chuva, que é a precipitação líquida, mas também a neve, o granizo, o nevoeiro, o orvalho e a geada.
Do ponto de vista prático é a chuva ou precipitação pluvial que apresenta maior interesse, pois dela depende o abastecimento de água para as plantas, os animais e o homem.
A chuva cai em forma de pequenas gotas que resultam da condensação do vapor d'água. Essa queda pode ocorrer de diversos modos, distinguindo-se: a) chuva leve; b) chuva forte; c) temporal. A intensidade ( mm/h ), o diâmetro das gotas ( mm ) e a velocidade de queda ( m/seg ) aumentam de (a) para (c).
O granizo ou chuva de pedra ocorre por congelamento das gotas d'água, quando a temperatura se aproxima de zero grau. A neve ocorre nas regiões frias, resultando da mudança da fase gasosa diretamente para a fase sólida, sem a passagem pela fase líquida.
Orvalho é a precipitação que ocorre por condensação da umidade do ar junto à superfície do solo ou de objetos expostos.
A geada se forma pelo congelamento do orvalho à temperatura de zero grau.
Um tipo especial de precipitação é o nevoeiro, que se forma próximo ao solo, afetando a visibilidade; resulta da saturação do ar pelo esfriamento ou evaporação. Ao nevoeiro tênue dá-se o nome de neblina; e ao nevoeiro espesso, de cerração.

Nenhum comentário:

Profª Zilda e Dr. Profº França

Profª Zilda e Dr. Profº França

Esta é a mais nova netinha do Voinho, a Maria Valentina

ORAÇÃO DOS ANIMAIS DA POETISA IVANA M F NEGRI DECLAMADA POR BETTY GOFFMAN NO DOMINGÃO DO FAUSTÃO

Ocorreu um erro neste gadget