"VOINHO"

Geraldo Victorino de França é engenheiro agrônomo, professor aposentado da Esalq/USP – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. Foi casado com a professora Zilda Giordano Victorino de França, tiveram 4 filhos, 12 netos e cinco bisnetas. Os verbetes surgiram como um hobby,enviados pela Internet aos filhos e netos. São curiosidades e notas explicativas sobre temas diversos. Como são assuntos interessantes e educativos, surgiu a ideia de compilá-los num livro. Muitos desses verbetes já foram publicados na Enciclopédia Agrícola Brasileira, editada pela Esalq/USP e também na coluninha PLANETA TERRA que era publicada aos sábados no Jornalzinho, suplemento infantil do JORNAL DE PIRACICABA. Também já colaborou na coluna PECADOS DA LÍNGUA, coordenada por Elisa Pantaleão, veiculada aos sábados no jornal A GAZETA DEPIRACICABA.
É membro da Academia Piracicabana de Letras - Cadeira n° 27 - Patrono: Salvador de Toledo Pisa Junior

“Voinho” é o apelido carinhoso como é chamado pelos netos e bisnetas.

Seguidores

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Voinho, neta e bisnetas

Aprendendo com o Voinho

Aprendendo com o Voinho
by Mara Bombo

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

CONHECENDO A HISTÓRIA DE SALOMÃO

Geraldo Victorino de França (Voinho)

Salomão é um personagem bíblico, o mais ilustre dos reis da Judéia. Era filho de Davi e de uma de suas mulheres, Betsabá. viúva de um seu oficial.
A escolha de Salomão para suceder Davi no trono contrariou as pretensões de Adonias, filho mais velho do rei, que se rebelou declarando-se soberano, sendo logo derrotado pelas tropas legais. Ao assumir o trono, Salomão mandou executar Adonias e os chefes que o apoiaram; e logo depois empenhou-se na consolidação do seu reino. Mais do que soldado, era um diplomata, conseguindo fazer aliança com o Egito, casando-se com a filha do faraó.
Foi especialmente notável por sua sabedoria e riqueza. A tradição lhe atribui a autoria de diversos livros bíblicos. Suas decisões sutis estão bem exemplificadas no caso das duas mulheres que reivindicavam a posse de uma criança como filho. Salomão sentenciou que a criança fosse dividida ao meio, o que é aceito por aquela que não era a mãe. Mandou então entregar a criança à verdadeira mãe.
Durante o seu reinado ordenou a construção de várias obras, sendo a mais notável o Templo de Jerusalém, também conhecido como Templo de Salomão. Outras obras incluem: o novo Palácio Real, o Palácio da Filha do Faraó, a Casa de Cedro do Líbano e o Pórtico das Colunas.
A Bíblia lhe atribui grande riqueza e uma pompa fora do comum para a época - século X a.C. Seria praticamente impossível montar uma corte com cerca de mil esposas, quatro mil cavalos de sela e doze mil cavalos de guerra, e um grande exército, num pais pobre.
Governou, segundo a Bíblia, durante 40 anos e, ao morrer, foi sucedido por seu filho Roboão que viu, logo no início do seu governo, o seu reino ser dividido em dois, o de Judá e o de Israel.

Nenhum comentário:

Profª Zilda e Dr. Profº França

Profª Zilda e Dr. Profº França

Esta é a mais nova netinha do Voinho, a Maria Valentina

ORAÇÃO DOS ANIMAIS DA POETISA IVANA M F NEGRI DECLAMADA POR BETTY GOFFMAN NO DOMINGÃO DO FAUSTÃO

Ocorreu um erro neste gadget