"VOINHO"

Geraldo Victorino de França é engenheiro agrônomo, professor aposentado da Esalq/USP – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. Foi casado com a professora Zilda Giordano Victorino de França, tiveram 4 filhos, 12 netos e cinco bisnetas. Os verbetes surgiram como um hobby,enviados pela Internet aos filhos e netos. São curiosidades e notas explicativas sobre temas diversos. Como são assuntos interessantes e educativos, surgiu a ideia de compilá-los num livro. Muitos desses verbetes já foram publicados na Enciclopédia Agrícola Brasileira, editada pela Esalq/USP e também na coluninha PLANETA TERRA que era publicada aos sábados no Jornalzinho, suplemento infantil do JORNAL DE PIRACICABA. Também já colaborou na coluna PECADOS DA LÍNGUA, coordenada por Elisa Pantaleão, veiculada aos sábados no jornal A GAZETA DEPIRACICABA.
É membro da Academia Piracicabana de Letras - Cadeira n° 27 - Patrono: Salvador de Toledo Pisa Junior

“Voinho” é o apelido carinhoso como é chamado pelos netos e bisnetas.

Seguidores

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Voinho, neta e bisnetas

Aprendendo com o Voinho

Aprendendo com o Voinho
by Mara Bombo

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

RECORDES DO MUNDO ANIMAL


Geraldo Victorino de França (Voinho)

a) A aranha mais venenosa é a armadeira, encontrada no Brasil. O seu veneno é tão forte que bastam 0,006 mg para matar um camundongo.
b) O animal terrestre mais barulhento é o bugio, uma espécie de macaco que habita as Américas Central e do Sul. Quando grita a plenos pulmões, o seu grito pode ser ouvido a 5 km de distância.
c) O peixe mais feroz é a piranha, encontrada nos grandes rios da América do Sul. Atraído pelo sangue ou movimentos bruscos na superfície da água, um cardume de piranhas é capaz de comer toda a carne de um cavalo em 20 minutos, deixando apenas os ossos.
d) O maior caramujo é o caramujo-gigante africano. O maior exemplar encontrado media 39,3 cm do focinho à cauda. O comprimento da sua concha era 27,3 cm e o animal pesava exatamente 900 gramas.
e) A maior cobra venenosa é conhecida como cobra-real ou naja-real, que habita a Índia e o sudeste da Ásia. O maior espécime capturado chegou a medir 5,07 metros, no Zoológico de Londres. O veneno de uma única picada dessa cobra é suficiente para matar um elefante ou 20 pessoas.

Nenhum comentário:

Profª Zilda e Dr. Profº França

Profª Zilda e Dr. Profº França

Esta é a mais nova netinha do Voinho, a Maria Valentina

ORAÇÃO DOS ANIMAIS DA POETISA IVANA M F NEGRI DECLAMADA POR BETTY GOFFMAN NO DOMINGÃO DO FAUSTÃO

Ocorreu um erro neste gadget