"VOINHO"

Geraldo Victorino de França é engenheiro agrônomo, professor aposentado da Esalq/USP – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. Foi casado com a professora Zilda Giordano Victorino de França, tiveram 4 filhos, 12 netos e cinco bisnetas. Os verbetes surgiram como um hobby,enviados pela Internet aos filhos e netos. São curiosidades e notas explicativas sobre temas diversos. Como são assuntos interessantes e educativos, surgiu a ideia de compilá-los num livro. Muitos desses verbetes já foram publicados na Enciclopédia Agrícola Brasileira, editada pela Esalq/USP e também na coluninha PLANETA TERRA que era publicada aos sábados no Jornalzinho, suplemento infantil do JORNAL DE PIRACICABA. Também já colaborou na coluna PECADOS DA LÍNGUA, coordenada por Elisa Pantaleão, veiculada aos sábados no jornal A GAZETA DEPIRACICABA.
É membro da Academia Piracicabana de Letras - Cadeira n° 27 - Patrono: Salvador de Toledo Pisa Junior

“Voinho” é o apelido carinhoso como é chamado pelos netos e bisnetas.

Seguidores

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Voinho, neta e bisnetas

Aprendendo com o Voinho

Aprendendo com o Voinho
by Mara Bombo

sábado, 24 de abril de 2010

A Lenda de Poseidon

CONHECENDO A LENDA DE POSEIDON
Geraldo Victorino de França (Voinho)

Poseidon é uma divindade da mitologia grega, filho de Cronos e Réia, correspondente a Netuno na mitologia romana. Foi um dos deuses que dividiram o controle sobre a Terra, cabendo-lhe o domínio sobre os mares.

Habitava um palácio no fundo do mar. nPossuia diversos cavalos-marinhos que cojnduziam seus convidados até sua presença. Todos os reis que veneravam ou temiam Poseidon sacrificavam cavalos em sua homenagem, afogando-os e lançando-os em alto mar para que o deus os ntransformasse em montarias divinas.
Poseidon teve diversas mulheres e muitas amantes e numerosos filhos. Todas as personificações de rios ou lagos eram filhos de Poseidon.
Um dos eventos mais famosos envolvendo Poseidon foi sua disputa com Atenas pelo templo da cidade de Atenas. Poseidon golpeou o chão com o seu tridente, criando a fonte que fica no ntopo, do Pantheon; masw Atenas fez com que dessa fonte brotasse uma oliveira, símbolo da cidade. Mais tarde, Poseidon e Atenas tornaram-se amigos e juntos criaram a carroça puxada por cavalos.

2 comentários:

joao pedro disse...

pow essa historia e muito maneira

Anônimo disse...

Very shortly this websitе will be famous amid all blogging
vіsitors, due to it's nice content

my website ... augenoperation

Profª Zilda e Dr. Profº França

Profª Zilda e Dr. Profº França

Esta é a mais nova netinha do Voinho, a Maria Valentina

ORAÇÃO DOS ANIMAIS DA POETISA IVANA M F NEGRI DECLAMADA POR BETTY GOFFMAN NO DOMINGÃO DO FAUSTÃO

Ocorreu um erro neste gadget