"VOINHO"

Geraldo Victorino de França é engenheiro agrônomo, professor aposentado da Esalq/USP – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. Foi casado com a professora Zilda Giordano Victorino de França, tiveram 4 filhos, 12 netos e cinco bisnetas. Os verbetes surgiram como um hobby,enviados pela Internet aos filhos e netos. São curiosidades e notas explicativas sobre temas diversos. Como são assuntos interessantes e educativos, surgiu a ideia de compilá-los num livro. Muitos desses verbetes já foram publicados na Enciclopédia Agrícola Brasileira, editada pela Esalq/USP e também na coluninha PLANETA TERRA que era publicada aos sábados no Jornalzinho, suplemento infantil do JORNAL DE PIRACICABA. Também já colaborou na coluna PECADOS DA LÍNGUA, coordenada por Elisa Pantaleão, veiculada aos sábados no jornal A GAZETA DEPIRACICABA.
É membro da Academia Piracicabana de Letras - Cadeira n° 27 - Patrono: Salvador de Toledo Pisa Junior

“Voinho” é o apelido carinhoso como é chamado pelos netos e bisnetas.

Seguidores

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Voinho, neta e bisnetas

Aprendendo com o Voinho

Aprendendo com o Voinho
by Mara Bombo

segunda-feira, 17 de maio de 2010

CONHECENDO OS ANJOS

CONHECENDO OS ANJOS
Geraldo Victorino de França (Voinho)

A palavra anjo vem do grego " angelus " e significa mensageiro. Os anjos, segundo algumas religiões, são seres espirituais, nmensageiros de Deus.
Há anjos bons, como Miguel, Rafael, Gabriel, etc., citados nas Escrituras; e anjos maus, como Satanás,Lúcifer, Belzebu e todos os demônios.
Os anjos bons são divididosem nove categorias, de importância decrescente: serafins, querubins, tronos, dominações, virtudes, potentados, principados, arcanjos e anjos.
Os anjos são citados tanto no Velho como no Novo Testamento. Deus pôs um anjo à entrada do Paraiso, após a expulsão de Adão e Eva; um anjo deteve a mão de Abraão, que estava a ponto de nsacrificar seu filho Isaac; um anjo anunciou ao profeta Daniel a próxima nvinda do Messias;um anjo anunciou à Maria o mistério da Encarnação; coros de anjos glorificaram a Deus pelo nascimento do Salvador; anjos fizeram rodar a pedra que fechava o sepulcro e anunciaram às santas mulheres a Ressureição de Cristo.
Segundo a doutrina católica, Deus atribui a cada homem um anjo que o protege: o Anjo da Guarda. A festa de Todos os Anjos celebra-se no dia 2 de outubro.

Um comentário:

Richard Mathenhauer disse...

Os anjos povoam o imaginário, normalmente se lhes atribuindo características boas e como sendo do Bem; porém, como lembrou, há os caídos.

Assim, para discontrair, é sempre bom desconfiar quando nos chamam de "anjo"...

Abraços do Seguidor

Profª Zilda e Dr. Profº França

Profª Zilda e Dr. Profº França

Esta é a mais nova netinha do Voinho, a Maria Valentina

ORAÇÃO DOS ANIMAIS DA POETISA IVANA M F NEGRI DECLAMADA POR BETTY GOFFMAN NO DOMINGÃO DO FAUSTÃO

Ocorreu um erro neste gadget