"VOINHO"

Geraldo Victorino de França é engenheiro agrônomo, professor aposentado da Esalq/USP – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. Foi casado com a professora Zilda Giordano Victorino de França, tiveram 4 filhos, 12 netos e cinco bisnetas. Os verbetes surgiram como um hobby,enviados pela Internet aos filhos e netos. São curiosidades e notas explicativas sobre temas diversos. Como são assuntos interessantes e educativos, surgiu a ideia de compilá-los num livro. Muitos desses verbetes já foram publicados na Enciclopédia Agrícola Brasileira, editada pela Esalq/USP e também na coluninha PLANETA TERRA que era publicada aos sábados no Jornalzinho, suplemento infantil do JORNAL DE PIRACICABA. Também já colaborou na coluna PECADOS DA LÍNGUA, coordenada por Elisa Pantaleão, veiculada aos sábados no jornal A GAZETA DEPIRACICABA.
É membro da Academia Piracicabana de Letras - Cadeira n° 27 - Patrono: Salvador de Toledo Pisa Junior

“Voinho” é o apelido carinhoso como é chamado pelos netos e bisnetas.

Seguidores

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Voinho, neta e bisnetas

Aprendendo com o Voinho

Aprendendo com o Voinho
by Mara Bombo

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Conhecendo as Feras do Mar

CONHECENDO AS FERAS DO MAR
Geraldo Victorino de França (Voinho)

Dentre os peixes, em primeiro lugar vêm os tubarões; porém, nem todas as cerca de 250 espécies conhecidas de tubarão são perigosas para o homem. Algumas medem apenas 30 cm de comprimento; outras atingem até 15 metros e são, com exceção das baleias, os maiores entre os animais marinhos.
O mais perigoso, segundo os entendidos no assunto, é o anequim - tubarão veloz, dotado de mandíbulas fortíssimas que, às vezes, chega a pesar quase 4 toneladas. Ele tem atacado muitos banhistas, principalmente ao longo da costa do Atlântico, na América do Norte.
Parente próximo do tubarão-branco, e nadador ainda mais rápido, é o tubarão-macaco, espécie que vive a grandes profundidades. Outra espécie feroz é o tubarão-martelo, cuja cabeça com formato de T se assemelha a um martelo.
Outro grupo de tubarões ferozes é o dos chamados tubarões- réquien, dos quais se destacam a " tintureira ", espécie listrada e muito temida nas Índias Ocidentais e na Austrália; e o cação-limão, de tamanho menor mas igualmente feroz.
Além dos tubarões, outro peixe perigoso de água salgada é a barracuda, comum nas costas brasileiras.
Dentre os mamíferos aquáticos, destacam-se: a) leopardo-do-mar, uma foca do Oceano Antártico de 3,5 metros de comprimento, que ataca outras focas menores; b) orca, com cerca de 9 metros de comprimento, é um animal voraz, que sai à caça em bandos, devorando pinguins, peixes, morsas e focas.
A " baleia-matadora " e a moréia são outros animais marinhos perigosos. A moréia é um peixe agressivo, de corpo serpentiforme.

Nenhum comentário:

Profª Zilda e Dr. Profº França

Profª Zilda e Dr. Profº França

Esta é a mais nova netinha do Voinho, a Maria Valentina

ORAÇÃO DOS ANIMAIS DA POETISA IVANA M F NEGRI DECLAMADA POR BETTY GOFFMAN NO DOMINGÃO DO FAUSTÃO

Ocorreu um erro neste gadget