"VOINHO"

Geraldo Victorino de França é engenheiro agrônomo, professor aposentado da Esalq/USP – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. Foi casado com a professora Zilda Giordano Victorino de França, tiveram 4 filhos, 12 netos e cinco bisnetas. Os verbetes surgiram como um hobby,enviados pela Internet aos filhos e netos. São curiosidades e notas explicativas sobre temas diversos. Como são assuntos interessantes e educativos, surgiu a ideia de compilá-los num livro. Muitos desses verbetes já foram publicados na Enciclopédia Agrícola Brasileira, editada pela Esalq/USP e também na coluninha PLANETA TERRA que era publicada aos sábados no Jornalzinho, suplemento infantil do JORNAL DE PIRACICABA. Também já colaborou na coluna PECADOS DA LÍNGUA, coordenada por Elisa Pantaleão, veiculada aos sábados no jornal A GAZETA DEPIRACICABA.
É membro da Academia Piracicabana de Letras - Cadeira n° 27 - Patrono: Salvador de Toledo Pisa Junior

“Voinho” é o apelido carinhoso como é chamado pelos netos e bisnetas.

Seguidores

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Voinho, neta e bisnetas

Aprendendo com o Voinho

Aprendendo com o Voinho
by Mara Bombo

quinta-feira, 31 de março de 2011

Conhecendo o Planeta Terra



Geraldo Victorino de França (Voinho)

A Terra é o terceiro planeta a partir do Sol, do qual dista 149.504.200 km. Sua forma é aproximadamente esférica, ligeiramente achatada nos pólos. Tem um diâmetro de 12.756 km no equador e sua densidade média 5,52 g/cm3.
Possui dois movimentos principais: a) rotação ao redor de um eixo que passa pelos pólos, levando 23 horas e 56 minutos para completar uma volta; b) translação ao redor do Sol, em uma órbita quase circular, levando 365, 25 dias para completar uma volta. Possui um único satélite natural, a Lua.
Vista do espaço, a Terra assemelha-se a um globo azulado com formações densas de nuvens e calotas polares. Vastos oceanos constituem 70% da superfície terrestre; e massas continentais ocupam os outros 30% .
Os continentes são plataformas de rochas leves, com cerca de 35 km de espessura, flutuando sobre rochas plásticas subjacentes ( rochas que podem ser deformadas por pressão ). As bacias oceânicas são placas de 6 km de espessura formando cordilheiras oceânicas, que desaparecem em outros pontos sob as placas continentais, num processo chamado tectonismo
A atmosfera da Terra compõe-se de78% de nitrogênio, 21% de oxigênio e 1% de outros gases. A temperatura superficial varia entre 55 e - 70 graus centígrados.
A presença de água líquida e de atmosfera com oxigênio combinadas com as condições de temperatura propiciam o desenvolvimento da vida vegetal e animal.

Nenhum comentário:

Profª Zilda e Dr. Profº França

Profª Zilda e Dr. Profº França

Esta é a mais nova netinha do Voinho, a Maria Valentina

ORAÇÃO DOS ANIMAIS DA POETISA IVANA M F NEGRI DECLAMADA POR BETTY GOFFMAN NO DOMINGÃO DO FAUSTÃO

Ocorreu um erro neste gadget