"VOINHO"

Geraldo Victorino de França é engenheiro agrônomo, professor aposentado da Esalq/USP – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. Foi casado com a professora Zilda Giordano Victorino de França, tiveram 4 filhos, 12 netos e cinco bisnetas. Os verbetes surgiram como um hobby,enviados pela Internet aos filhos e netos. São curiosidades e notas explicativas sobre temas diversos. Como são assuntos interessantes e educativos, surgiu a ideia de compilá-los num livro. Muitos desses verbetes já foram publicados na Enciclopédia Agrícola Brasileira, editada pela Esalq/USP e também na coluninha PLANETA TERRA que era publicada aos sábados no Jornalzinho, suplemento infantil do JORNAL DE PIRACICABA. Também já colaborou na coluna PECADOS DA LÍNGUA, coordenada por Elisa Pantaleão, veiculada aos sábados no jornal A GAZETA DEPIRACICABA.
É membro da Academia Piracicabana de Letras - Cadeira n° 27 - Patrono: Salvador de Toledo Pisa Junior

“Voinho” é o apelido carinhoso como é chamado pelos netos e bisnetas.

Seguidores

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Voinho, neta e bisnetas

Aprendendo com o Voinho

Aprendendo com o Voinho
by Mara Bombo

terça-feira, 22 de março de 2011

Conhecendo os recursos naturais - 2

(Amazônia em foto de José Patricio)

CONHECENDO OS RECURSOS NATURAIS – 2
Geraldo Victorino de França (Voinho)

ÁGUA - É um recurso natural essencial à vida das plantas, dos animais e do homem.
As várias formas de sua utilização geram, às vezes, conflitos de interesses. Dentre as várias maneiras de sua utilização destacam-se: geração de energia, água para consumo humano e animal água do solo para as plantas, água para irrigação de culturas, águas superficiais como ambiente para os animais aquáticos, meio de transporte, meio de limpeza, etc.
Como medidas de conservação da água, recomendam-se: a) manter florestas nas cabeceiras de nascentes; b) preservar as matas ciliares, que acompanham as margens dos rios; c) evitar a poluição das águas.
PASTAGENS NATURAIS - Constituem um dos principais tipos de vegetação que formam a cobertura do solo, servindo para protegê-lo e para alimentação dos animais, selvagens e domésticos. São geralmente formadas por uma mistura de gramíneas e outras plantas herbáceas, às quais se juntam arbustos e árvores esparsas. Como exemplos podem ser citados: as savanas da África, as estepes da Rússia, as pradarias dos Estados Unidos e os cerrados do Brasil.
Como medidas de conservação das pastagens em geral, recomendam-se: a) divisão e lotação adequada; b) evitar o superpastoreio; c) evitar o uso do fogo.
FLORESTAS - São formações arbóreas que desempenham papel importante no equilíbrio ecológico de uma região, com destaque para os seguintes aspectos: a) conservação da água, aumentando a infiltração no solo e diminuindo o escoamento superficial; b) eficiente proteção do solo contra a erosão; c) regularização da vazão das nascentes; d) ambiente adequado para a fauna silvestre; e) fonte de diversas matérias-primas para muitas indústrias - madeira, celulose, látex, cortiça, resinas, óleos essenciais,etc.
As florestas temperadas da Europa e América do Norte já foram grande parte devastadas; e o mesmo está acontecendo com as florestas tropicais da Amazônia, bacia do Congo ( África ) e Sudeste da Ásia.
Como medidas de conservação das florestas recomendam-s: a) controle do desmatamento; b) preservação das matas ciliares; c) reflorestamento das terras impróprias para uso agrícola.
FAUNA SILVESTRE - Refere-se aos animais não domesticados, muitos dos quais são utilizados em benefício das populações humanas ( caça e pesca ).
Como medidas de conservação da fauna silvestre, recomendam-se: a) evitar a poluição das reservatórios de água ( rios, lagos e represas ); b) restauração das matas ciliares; c) proibição da caça e peca em áreas de reserva florestal.

Nenhum comentário:

Profª Zilda e Dr. Profº França

Profª Zilda e Dr. Profº França

Esta é a mais nova netinha do Voinho, a Maria Valentina

ORAÇÃO DOS ANIMAIS DA POETISA IVANA M F NEGRI DECLAMADA POR BETTY GOFFMAN NO DOMINGÃO DO FAUSTÃO

Ocorreu um erro neste gadget