"VOINHO"

Geraldo Victorino de França é engenheiro agrônomo, professor aposentado da Esalq/USP – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. Foi casado com a professora Zilda Giordano Victorino de França, tiveram 4 filhos, 12 netos e cinco bisnetas. Os verbetes surgiram como um hobby,enviados pela Internet aos filhos e netos. São curiosidades e notas explicativas sobre temas diversos. Como são assuntos interessantes e educativos, surgiu a ideia de compilá-los num livro. Muitos desses verbetes já foram publicados na Enciclopédia Agrícola Brasileira, editada pela Esalq/USP e também na coluninha PLANETA TERRA que era publicada aos sábados no Jornalzinho, suplemento infantil do JORNAL DE PIRACICABA. Também já colaborou na coluna PECADOS DA LÍNGUA, coordenada por Elisa Pantaleão, veiculada aos sábados no jornal A GAZETA DEPIRACICABA.
É membro da Academia Piracicabana de Letras - Cadeira n° 27 - Patrono: Salvador de Toledo Pisa Junior

“Voinho” é o apelido carinhoso como é chamado pelos netos e bisnetas.

Seguidores

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Voinho, neta e bisnetas

Aprendendo com o Voinho

Aprendendo com o Voinho
by Mara Bombo

terça-feira, 9 de agosto de 2011

CURIOSIDADES DO REINO ANIMAL - 8

 
Geraldo Victorino de França (Voinho)

a) O maior mamífero fluvial é o peixe-boi, comum nos rios da bacia Amazônica. Ele mede até 4 metros de comprimento e pesa cerca de 800 kg.
b) A classe dos Insetos é a mais numerosa do mundo animal. Calcula-se que existem cerca de 30 milhões de espécies de insetos. A região Amazônica abriga cerca de 1/3 desse total. É lá que vive o maior besouro do mundo, o " Titanus giganteus ", com cerca de 20 centímetros de comprimento.
c) A " Piton reticulata " , do Sudeste Asiático, é a maior cobra do mundo, podendo atingir 10 metros de comprimento.
d) Um avestruz mede de 1,80 a 2,50 metros de altura, o mesmo tamanho de um camelo. A girafa atinge 7,0 metros, a mesma altura de um prédio de dois andares.
e) Uma ovelha fornece cerca de 5 kg de lã e 100 litros de leite por ano.
f) As cobras comem a cada 15 dias, aproximadamente. Elas demoram todo esse tempo para comer de novo porque a sua digestão é muito lenta, uma vez que elas engolem suas presas inteiras, sem mastigar.

Nenhum comentário:

Profª Zilda e Dr. Profº França

Profª Zilda e Dr. Profº França

Esta é a mais nova netinha do Voinho, a Maria Valentina

ORAÇÃO DOS ANIMAIS DA POETISA IVANA M F NEGRI DECLAMADA POR BETTY GOFFMAN NO DOMINGÃO DO FAUSTÃO

Ocorreu um erro neste gadget