"VOINHO"

Geraldo Victorino de França é engenheiro agrônomo, professor aposentado da Esalq/USP – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. Foi casado com a professora Zilda Giordano Victorino de França, tiveram 4 filhos, 12 netos e cinco bisnetas. Os verbetes surgiram como um hobby,enviados pela Internet aos filhos e netos. São curiosidades e notas explicativas sobre temas diversos. Como são assuntos interessantes e educativos, surgiu a ideia de compilá-los num livro. Muitos desses verbetes já foram publicados na Enciclopédia Agrícola Brasileira, editada pela Esalq/USP e também na coluninha PLANETA TERRA que era publicada aos sábados no Jornalzinho, suplemento infantil do JORNAL DE PIRACICABA. Também já colaborou na coluna PECADOS DA LÍNGUA, coordenada por Elisa Pantaleão, veiculada aos sábados no jornal A GAZETA DEPIRACICABA.
É membro da Academia Piracicabana de Letras - Cadeira n° 27 - Patrono: Salvador de Toledo Pisa Junior

“Voinho” é o apelido carinhoso como é chamado pelos netos e bisnetas.

Seguidores

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Voinho, neta e bisnetas

Aprendendo com o Voinho

Aprendendo com o Voinho
by Mara Bombo

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

CONHECENDO O SOM



Geraldo Victorino de França ( Voinho)

Som é uma forma de energia resultante de um movimento vibratório rápido que se propaga em meios elásticos ( gases, líquidos ou sólidos ) e produz a sensação sonora ( audição ) percebida pelo órgão auditivo do homem e dos animais.
As vibrações sonoras são produzidas por uma fonte vibratória que provoca compressões e expansões sucessivas no meio de propagação; o som não pode propagar-se no vácuo. A propagação do som é mais veloz nos líquidos do que nos gases, e mais rápida ainda nos sólidos. No ar, a 18 graus centígrados, a velocidade do som é de 342 m/seg.
O som pode ser detectado pelo ouvido humano em frequências compreendidas entre 20 e 20.000 hertz ( vibrações por segundo ). Abaixo dessa faixa encontram-se os infrassons e acima, os ultrassons.
Da mesma maneira que a onda luminosa, a onda sonora é sujeita a uma série de fenômenos, tais como: reflexão, refração, difração e ressonância.
A reflexão se dá quando o som incide sobre uma superfície rígida e parte da onda volta para a direção de onde veio. O eco é um caso interessante de reflexão do som.
Quando as superfícies refletoras estão separadas por distâncias insuficientes para a produção de eco, há um reforço do som produzido na fonte, que se chama ressonância.
Quando um som atravessa a superfície de dois meios elásticos diferentes, nos quais ele se propaga com velocidades diferentes, sofre uma mudança de direção, chamada refração.
A conversão das ondas sonoras em impulsos elétricos e vice-versa, é a base da maioria dos equipamentos de gravação e reprodução dos sons, e da transmissão e recepção de sons por rádio e televisão.

Nenhum comentário:

Profª Zilda e Dr. Profº França

Profª Zilda e Dr. Profº França

Esta é a mais nova netinha do Voinho, a Maria Valentina

ORAÇÃO DOS ANIMAIS DA POETISA IVANA M F NEGRI DECLAMADA POR BETTY GOFFMAN NO DOMINGÃO DO FAUSTÃO

Ocorreu um erro neste gadget