"VOINHO"

Geraldo Victorino de França é engenheiro agrônomo, professor aposentado da Esalq/USP – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. Foi casado com a professora Zilda Giordano Victorino de França, tiveram 4 filhos, 12 netos e cinco bisnetas. Os verbetes surgiram como um hobby,enviados pela Internet aos filhos e netos. São curiosidades e notas explicativas sobre temas diversos. Como são assuntos interessantes e educativos, surgiu a ideia de compilá-los num livro. Muitos desses verbetes já foram publicados na Enciclopédia Agrícola Brasileira, editada pela Esalq/USP e também na coluninha PLANETA TERRA que era publicada aos sábados no Jornalzinho, suplemento infantil do JORNAL DE PIRACICABA. Também já colaborou na coluna PECADOS DA LÍNGUA, coordenada por Elisa Pantaleão, veiculada aos sábados no jornal A GAZETA DEPIRACICABA.
É membro da Academia Piracicabana de Letras - Cadeira n° 27 - Patrono: Salvador de Toledo Pisa Junior

“Voinho” é o apelido carinhoso como é chamado pelos netos e bisnetas.

Seguidores

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Voinho, neta e bisnetas

Aprendendo com o Voinho

Aprendendo com o Voinho
by Mara Bombo

terça-feira, 27 de março de 2012

CURIOSIDADES DA LÍNGUA PORTUGUESA


Geraldo Victorino de França (Voinho)

A) A inclinação da superfície do terreno é chamada declividade, que é o termo geral.
Também se usam os têrmos: a) aclive ou rampa, para indicar o sentido ascendente; b) declive ou ladeira para indicar o sentido descendente. Assim, pode-se dizer: acelerou o carro para subir a rampa; a enxurrada escôa declive abaixo.
B) O futebol usa uma linguagem própria, muito pitoresca. Exemplos:
a) Robinho passou pelos adversários " dando pedaladas ";
b) Na Copa do Mundo de 1.938, Leônidas marcou gol " de bicicleta ";
c) O juiz apitou falta: foi " cama de gato ";
d) Kaká marcou gol de " sem pulo ".
C) A palavra pé, isolada ou acompanhada de qualificativos, assume vários significados diferentes. Exemplos:
a) Parte terminal do membro inferior dos humanos ( coxa, perna e pé );
b) Pata dos animais;
c) Pedestal;
d) Unidade de medida linear inglesa, equivalente a 30,48cm;
e) Planta isolada: pé de manga, pé de alface;
f) Pé-de-boi: homem trabalhador;
g) Pé-frio: homem azarado;
h) Pé-de-meia: pecúlio;
i) Pé-d'água: aguaceiro;
j) Pé-de-vento: vento forte;
k) Pé-de-galinha: rugas no canto do olho ;
l) Pé-de-cabra: espécie de alavanca de ferro; etc.

Um comentário:

Richard disse...

Ao se falar em Língua Portuguesa, volta-me à mente que ainda não estou inteirado como deveria das alterações feitas pela nova regra ortográfica. Como disse num texto, vou escrever como meus avós... Ainda bem que comigo está Cecília Meireles, que não via lá com muito ânimo essas mudanças.

Um abraço fraterno,

Profª Zilda e Dr. Profº França

Profª Zilda e Dr. Profº França

Esta é a mais nova netinha do Voinho, a Maria Valentina

ORAÇÃO DOS ANIMAIS DA POETISA IVANA M F NEGRI DECLAMADA POR BETTY GOFFMAN NO DOMINGÃO DO FAUSTÃO

Ocorreu um erro neste gadget