"VOINHO"

Geraldo Victorino de França é engenheiro agrônomo, professor aposentado da Esalq/USP – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. Foi casado com a professora Zilda Giordano Victorino de França, tiveram 4 filhos, 12 netos e cinco bisnetas. Os verbetes surgiram como um hobby,enviados pela Internet aos filhos e netos. São curiosidades e notas explicativas sobre temas diversos. Como são assuntos interessantes e educativos, surgiu a ideia de compilá-los num livro. Muitos desses verbetes já foram publicados na Enciclopédia Agrícola Brasileira, editada pela Esalq/USP e também na coluninha PLANETA TERRA que era publicada aos sábados no Jornalzinho, suplemento infantil do JORNAL DE PIRACICABA. Também já colaborou na coluna PECADOS DA LÍNGUA, coordenada por Elisa Pantaleão, veiculada aos sábados no jornal A GAZETA DEPIRACICABA.
É membro da Academia Piracicabana de Letras - Cadeira n° 27 - Patrono: Salvador de Toledo Pisa Junior

“Voinho” é o apelido carinhoso como é chamado pelos netos e bisnetas.

Seguidores

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Voinho, neta e bisnetas

Aprendendo com o Voinho

Aprendendo com o Voinho
by Mara Bombo

quinta-feira, 21 de junho de 2012

CURIOSIDADES DO REINO ANIMAL - 6



Geraldo Victorino de França(Voinho)

a) Além do formato diferente dos outros peixes, o cavalo-marinho chama a atenção pelo fato de que é o macho que fica grávido: ele possui uma bolsa ou saco abdominal onde, por ocasião da reprodução, a fêmea deposita  de 200 a 400 ovos que aí são fecundados. Após a
eclosão, os filhotes saem da bolsa paterna.
           b) O chamado " peixe-boi ", encontrado nos rios da Região Amazônica, não é peixe; é um mamífero aquático, desprovido de membros posteriores e cujos membros anteriores foram transformados em nadadeiras. A cauda é achatada, servindo também como nadadeira. A cabeça termina em focinho, muito semelhante ao do boi, daí o nome pelo qual é conhecido.
           c) O pangolim é um mamífero desdentado, encontrado na África e na Ásia, que tem o corpo revestido por escamas grandes e imbricadas, exceto na parte ventral. Alimenta-se principalmente de formigas e cupins, assemelhando-se ao tamanduá, tanto pelos hábitos como pela estatura. Em caso de perigo, enrola-se todo,  protegendo a cabeça e o ventre; e a couraça geralmente salva o bicho de ser comido.
            d) O vaga-lume, também chamado pirilampo, é um besouro de hábitos noturnos, surgindo principalmente às primeiras horas da noite; e que se caracteriza por emitir luz fosforescente e intermitente.

Nenhum comentário:

Profª Zilda e Dr. Profº França

Profª Zilda e Dr. Profº França

Esta é a mais nova netinha do Voinho, a Maria Valentina

ORAÇÃO DOS ANIMAIS DA POETISA IVANA M F NEGRI DECLAMADA POR BETTY GOFFMAN NO DOMINGÃO DO FAUSTÃO

Ocorreu um erro neste gadget