"VOINHO"

Geraldo Victorino de França é engenheiro agrônomo, professor aposentado da Esalq/USP – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. Foi casado com a professora Zilda Giordano Victorino de França, tiveram 4 filhos, 12 netos e cinco bisnetas. Os verbetes surgiram como um hobby,enviados pela Internet aos filhos e netos. São curiosidades e notas explicativas sobre temas diversos. Como são assuntos interessantes e educativos, surgiu a ideia de compilá-los num livro. Muitos desses verbetes já foram publicados na Enciclopédia Agrícola Brasileira, editada pela Esalq/USP e também na coluninha PLANETA TERRA que era publicada aos sábados no Jornalzinho, suplemento infantil do JORNAL DE PIRACICABA. Também já colaborou na coluna PECADOS DA LÍNGUA, coordenada por Elisa Pantaleão, veiculada aos sábados no jornal A GAZETA DEPIRACICABA.
É membro da Academia Piracicabana de Letras - Cadeira n° 27 - Patrono: Salvador de Toledo Pisa Junior

“Voinho” é o apelido carinhoso como é chamado pelos netos e bisnetas.

Seguidores

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Voinho, neta e bisnetas

Aprendendo com o Voinho

Aprendendo com o Voinho
by Mara Bombo

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

CONHECENDO OS TIPOS DE COSTAS



Geraldo Victorino de França (Voinho)

Denomina-se costa ou litoral a faixa de contato entre a terra firme e o mar, ou melhor, a faixa situada entre o limite de influência das ondas do mar (vagas ) e a linha das marés baixas.
          O modelado das costas resulta de: a) ações múltiplas da água do mar ( vagas, marés, correntes marinhas ); b) de influências estruturais ( relevo continental, natureza das rochas);
c) de movimentos do terreno ( soerguimentos, afundamentos ).
         Existem dois tipos fundamentais de costas: a) tipo Atlântico, com estruturas de dobramentos e/ou falhamentos oblíquos à costa; b) tipo Pacífico, com estruturas de dobramentos e/ou falhamentos paralelas à costa.
         As costas do tipo Atlântico são mais ricas em acidentes ( cabos, penínsulas, baías,
golfos, enseadas, etc. ) e são discordantes ou transversais, isto é, as elevações do terreno formam ângulos, maiores ou menores, com a linha do litoral. Nas costas do tipo Pacífico, as elevações são concordantes ou longitudinais, isto é, são paralelas à linha do litoral.
       Quanto à articulação, a linha de costa pode ser retilínea ou recortada. Segundo o as
pecto geral, podem ser baixas ou planas e altas ou abruptas.
        Para designar os diferentes tipos de costas, empregam-se vários termos: a) praia -faixa plana, formada pelo acúmulo de areia; b) falésia - escarpa formada pelo trabalho erosivo do
mar; c) recife - elevações rochosas, de arenitos ou de corais; d) mangue - pântano costeiro; e) atol - recife lagunar; f) delta - depósito aluvial na foz de alguns rios; g) estuário - foz com ampla abertura.

Nenhum comentário:

Profª Zilda e Dr. Profº França

Profª Zilda e Dr. Profº França

Esta é a mais nova netinha do Voinho, a Maria Valentina

ORAÇÃO DOS ANIMAIS DA POETISA IVANA M F NEGRI DECLAMADA POR BETTY GOFFMAN NO DOMINGÃO DO FAUSTÃO

Ocorreu um erro neste gadget