"VOINHO"

Geraldo Victorino de França é engenheiro agrônomo, professor aposentado da Esalq/USP – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. Foi casado com a professora Zilda Giordano Victorino de França, tiveram 4 filhos, 12 netos e cinco bisnetas. Os verbetes surgiram como um hobby,enviados pela Internet aos filhos e netos. São curiosidades e notas explicativas sobre temas diversos. Como são assuntos interessantes e educativos, surgiu a ideia de compilá-los num livro. Muitos desses verbetes já foram publicados na Enciclopédia Agrícola Brasileira, editada pela Esalq/USP e também na coluninha PLANETA TERRA que era publicada aos sábados no Jornalzinho, suplemento infantil do JORNAL DE PIRACICABA. Também já colaborou na coluna PECADOS DA LÍNGUA, coordenada por Elisa Pantaleão, veiculada aos sábados no jornal A GAZETA DEPIRACICABA.
É membro da Academia Piracicabana de Letras - Cadeira n° 27 - Patrono: Salvador de Toledo Pisa Junior

“Voinho” é o apelido carinhoso como é chamado pelos netos e bisnetas.

Seguidores

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Voinho, neta e bisnetas

Aprendendo com o Voinho

Aprendendo com o Voinho
by Mara Bombo

domingo, 9 de setembro de 2012

CURIOSIDADES DO UNIVERSO - 2



a)Arco-íris é o fenômeno que ocorre quando chove e, ao mesmo tempo, há sol ; forma-se uma curva espectral que se apresenta sob a forma de arcos concêntricos, cada um com uma das cores do espectro solar, resultantes da refração e da reflexão dos raios solares
pelas gotas de chuva. Vê-se, então, diversos arcos concêntricos nas cores: vermelho, alaranjado, amarelo, verde, azul, anil e violeta.
       b) As fases da Lua - lua cheia, quarto minguante, lua nova e quarto crescente - resultam do movimento da Lua em relação ao Sol. Quando a Lua está exatamente entre a Terra e o Sol, o lado voltado para a Terra não é iluminado, por isso não se vê a Lua. À medida que o satélite se desloca, começa a ser visto ( quarto crescente ), até ser visto totalmente ( lua cheia). Daí por diante a parte visível vai diminuindo (quarto minguante) até desaparecer novamente.
     c) O eclipse da Lua é a ocultação total ou parcial do satélite, que ocorre quando a Terra se encontra entre o Sol e a Lua, de modo que o satélite penetra no cone de sombra da  Terra e deixa de ser visto.
      d) O eclipse do Sol ocorre quando a Lua se interpõe entre o Sol e a Terra. Como a distância Terra-Lua é aproximadamente igual à altura do cone de sombra da Lua, o eclipse do Sol pode ser: total, parcial ou anular.

Nenhum comentário:

Profª Zilda e Dr. Profº França

Profª Zilda e Dr. Profº França

Esta é a mais nova netinha do Voinho, a Maria Valentina

ORAÇÃO DOS ANIMAIS DA POETISA IVANA M F NEGRI DECLAMADA POR BETTY GOFFMAN NO DOMINGÃO DO FAUSTÃO

Ocorreu um erro neste gadget