"VOINHO"

Geraldo Victorino de França é engenheiro agrônomo, professor aposentado da Esalq/USP – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. Foi casado com a professora Zilda Giordano Victorino de França, tiveram 4 filhos, 12 netos e cinco bisnetas. Os verbetes surgiram como um hobby,enviados pela Internet aos filhos e netos. São curiosidades e notas explicativas sobre temas diversos. Como são assuntos interessantes e educativos, surgiu a ideia de compilá-los num livro. Muitos desses verbetes já foram publicados na Enciclopédia Agrícola Brasileira, editada pela Esalq/USP e também na coluninha PLANETA TERRA que era publicada aos sábados no Jornalzinho, suplemento infantil do JORNAL DE PIRACICABA. Também já colaborou na coluna PECADOS DA LÍNGUA, coordenada por Elisa Pantaleão, veiculada aos sábados no jornal A GAZETA DEPIRACICABA.
É membro da Academia Piracicabana de Letras - Cadeira n° 27 - Patrono: Salvador de Toledo Pisa Junior

“Voinho” é o apelido carinhoso como é chamado pelos netos e bisnetas.

Seguidores

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Voinho, neta e bisnetas

Aprendendo com o Voinho

Aprendendo com o Voinho
by Mara Bombo

sábado, 20 de julho de 2013

CONHECENDO AS TALÓFITAS


Geraldo Victorino de França (Voinho)

                 Chamam-se Talófitas as plantas inferiores que possuem talo - corpo vegetativo não diferenciado em órgãos como raiz, caule  e  folhas.
                 Os talos podem ser uni ou pluricelulares, mas seu tamanho não se relaciona com  a simplicidade estrutural. Assim, o talo de certas algas marinhas pode atingir quase uma centena de metros. Por outro lado, as bactérias só  podem ser vistas sob o microscópio. As algas  e
algumas bactérias têm clorofila, de modo que podem realizar a fotossíntese; ao passo que  os fungos não possuem clorofila, de modo que são obrigados a viver como parasitas.
                  As Talófitas compreendem as algas, os fungos ou cogumelos, a bactérias e os  líquens. No entanto, entre as demais plantas podem ser encontradas formas talosas, como as
Hepáticas, grupo de plantas que possuem representantes talosos.
                  Alguns talos de certas algas se apresentam divididos de maneira tal, que desempenham funções semelhantes aos órgãos dos vegetais superiores, sendo por isso denominados rizóide, caulóide e filóide.
                  As Talófitas se encontram por toda parte. As algas vivem não só em água doce ou salgada, em colônias ou isoladamente, como também no solo, em outras plantas e animais e até na neve. A distribuição das bactérias é ainda maior que a das algas, pois algumas delas vivem dentro dos nossos corpos, nutrindo-se de células vivas ou mortas, dos alimentos que ingerimos, ou se devorando umas às outras.
                   Os fungos podem ser: a) parasitas, vivendo sobre plantas e animais, causando-lhes doenças; b) saprófitas, vivendo nos solos ricos em matéria orgânica, sobre a madeira, sobre frutos e folhas em decomposição ou mesmo sobre os alimentos. Alguns são úteis, utilizados como fermentos na fabricação de pão, queijo e bebidas alcoólicas ou na fabricação de antibióticos

                    Os liquens são constituídos por uma associação simbiótica de um fungo com uma alga, vivendo sobre a casca das árvores, sobre o solo ou mesmo sobre as rochas. Constituem o principal componente da Tundra - tipo de vegetação das regiões frias.  

Nenhum comentário:

Profª Zilda e Dr. Profº França

Profª Zilda e Dr. Profº França

Esta é a mais nova netinha do Voinho, a Maria Valentina

ORAÇÃO DOS ANIMAIS DA POETISA IVANA M F NEGRI DECLAMADA POR BETTY GOFFMAN NO DOMINGÃO DO FAUSTÃO

Ocorreu um erro neste gadget