"VOINHO"

Geraldo Victorino de França é engenheiro agrônomo, professor aposentado da Esalq/USP – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. Foi casado com a professora Zilda Giordano Victorino de França, tiveram 4 filhos, 12 netos e cinco bisnetas. Os verbetes surgiram como um hobby,enviados pela Internet aos filhos e netos. São curiosidades e notas explicativas sobre temas diversos. Como são assuntos interessantes e educativos, surgiu a ideia de compilá-los num livro. Muitos desses verbetes já foram publicados na Enciclopédia Agrícola Brasileira, editada pela Esalq/USP e também na coluninha PLANETA TERRA que era publicada aos sábados no Jornalzinho, suplemento infantil do JORNAL DE PIRACICABA. Também já colaborou na coluna PECADOS DA LÍNGUA, coordenada por Elisa Pantaleão, veiculada aos sábados no jornal A GAZETA DEPIRACICABA.
É membro da Academia Piracicabana de Letras - Cadeira n° 27 - Patrono: Salvador de Toledo Pisa Junior

“Voinho” é o apelido carinhoso como é chamado pelos netos e bisnetas.

Seguidores

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Voinho, neta e bisnetas

Aprendendo com o Voinho

Aprendendo com o Voinho
by Mara Bombo

sexta-feira, 17 de julho de 2015

CURIOSIDADES DO REINO VEGETAL - 11

Sumaúma

Geraldo Victorino de França (Voinho)

a)           O fumo é uma planta da família das Solanáceas cujas folhas, uma vez preparadas, são utilizadas para a fabricação de cigarros e charutos ou consumidas em cachimbo.
               b) Dá-se o nome de micorriza à associação simbiótica das raízes de plantas com as hifas de certos  fungos. As hifas ajudam a absorver água e os nutrientes minerais do solo. Por sua vez, os fungos retiram nutrientes orgânicos da seiva das plantas.
               c) A sumaúma é uma das maiores árvores da Amazônia, chegando a atingir 40 metros de altura. Seu tronco é dotado de sapopema ( raiz modificada ) de 80
a 160 centímetros de diâmetro, que se eleva até 2 metros de altura.
               d) Dá-se o nome de pneumatóforos às raízes respiratórias de certas plantas, especialmente dos mangues, que têm aerênquimas ( parênquimas contendo espaços intercelulares cheios de ar ) bem desenvolvido, provido de aberturas que permitem trocas gasosas com o exterior e que crescem para fora do solo encharcado

ultrapassando , no caso dos mangues, o nível das marés altas.

Nenhum comentário:

Profª Zilda e Dr. Profº França

Profª Zilda e Dr. Profº França

Esta é a mais nova netinha do Voinho, a Maria Valentina

ORAÇÃO DOS ANIMAIS DA POETISA IVANA M F NEGRI DECLAMADA POR BETTY GOFFMAN NO DOMINGÃO DO FAUSTÃO

Ocorreu um erro neste gadget