"VOINHO"

Geraldo Victorino de França é engenheiro agrônomo, professor aposentado da Esalq/USP – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. Foi casado com a professora Zilda Giordano Victorino de França, tiveram 4 filhos, 12 netos e cinco bisnetas. Os verbetes surgiram como um hobby,enviados pela Internet aos filhos e netos. São curiosidades e notas explicativas sobre temas diversos. Como são assuntos interessantes e educativos, surgiu a ideia de compilá-los num livro. Muitos desses verbetes já foram publicados na Enciclopédia Agrícola Brasileira, editada pela Esalq/USP e também na coluninha PLANETA TERRA que era publicada aos sábados no Jornalzinho, suplemento infantil do JORNAL DE PIRACICABA. Também já colaborou na coluna PECADOS DA LÍNGUA, coordenada por Elisa Pantaleão, veiculada aos sábados no jornal A GAZETA DEPIRACICABA.
É membro da Academia Piracicabana de Letras - Cadeira n° 27 - Patrono: Salvador de Toledo Pisa Junior

“Voinho” é o apelido carinhoso como é chamado pelos netos e bisnetas.

Seguidores

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Voinho, neta e bisnetas

Aprendendo com o Voinho

Aprendendo com o Voinho
by Mara Bombo

sábado, 6 de fevereiro de 2016

CONHECENDO A HISTÓRIA DE SANSÃO


Geraldo Victorino de França (Voinho)

                 Sansão é um personagem bíblico, juiz dos hebreus, célebre por sua força prodigiosa e pelas lutas que empreendeu contra os filisteus, povo vizinho aos israelitas.
                 Na descrição dos feitos de Sansão, são evidentes as semelhanças entre a sua história e a do herói greco-romano Hércules.
                 Segundo a lenda, antes do seu nascimento apareceu um anjo à sua mãe que o filho guardaria o voto dos nazarenos, jamais cortaria os cabelos, não  beberia vinho, nem comeria alimentos impuros.
                Suas aventuras começam na juventude, quando matou um leão usando apenas as mãos. Ao alcançar  a maioridade desposou uma jovem filisteia, que o traiu casando-se com outro homem. Sansão vingou-se atando archotes acesos à cauda de raposas e soltando-as em meio às searas dos filisteus. Estes chamaram os  hebreus e exigiram-lhes que entregassem Sansão. Preso, rompeu as cordas que o amarravam e, armado de uma queixada de burro, matou cerca de 1.000 filisteus. Mais tarde, novamente preso na cidade de Gaia, conseguiu escapar arrancando as portas da cidade.
                Apaixonado por Dalila, contou-lhe o segredo de sua extraordinária força, que residia nos seus  longos cabelos. Foi por ela traído, que lhe cortou os cabelos enquanto dormia e o entregou aos inimigos. Mais tarde, quando o cabelo cresceu e Sansão recuperou a força, derrubou as colunas do templo de Dagon,  durante uma cerimônia religiosa.  

Nenhum comentário:

Profª Zilda e Dr. Profº França

Profª Zilda e Dr. Profº França

Esta é a mais nova netinha do Voinho, a Maria Valentina

ORAÇÃO DOS ANIMAIS DA POETISA IVANA M F NEGRI DECLAMADA POR BETTY GOFFMAN NO DOMINGÃO DO FAUSTÃO

Ocorreu um erro neste gadget