"VOINHO"

Geraldo Victorino de França é engenheiro agrônomo, professor aposentado da Esalq/USP – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. Foi casado com a professora Zilda Giordano Victorino de França, tiveram 4 filhos, 12 netos e cinco bisnetas. Os verbetes surgiram como um hobby,enviados pela Internet aos filhos e netos. São curiosidades e notas explicativas sobre temas diversos. Como são assuntos interessantes e educativos, surgiu a ideia de compilá-los num livro. Muitos desses verbetes já foram publicados na Enciclopédia Agrícola Brasileira, editada pela Esalq/USP e também na coluninha PLANETA TERRA que era publicada aos sábados no Jornalzinho, suplemento infantil do JORNAL DE PIRACICABA. Também já colaborou na coluna PECADOS DA LÍNGUA, coordenada por Elisa Pantaleão, veiculada aos sábados no jornal A GAZETA DEPIRACICABA.
É membro da Academia Piracicabana de Letras - Cadeira n° 27 - Patrono: Salvador de Toledo Pisa Junior

“Voinho” é o apelido carinhoso como é chamado pelos netos e bisnetas.

Seguidores

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Voinho, neta e bisnetas

Aprendendo com o Voinho

Aprendendo com o Voinho
by Mara Bombo

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Conhecendo a Plataforma Continental

Geraldo Victorino de França (Voinho)

Denomina-se plataforma continental o prolongamento rochoso submarino que circunda grande parte dos continentes, estendendo-se por cerca de algumas dezenas de quilômetros, ocupando aproximadamente 7,6% da área total dos oceanos. Inclina-se suavemente a partir litoral até a profundidade média de 200 metros, constituindo o talude continental, isto é, a região relativamente abrupta que serve de limite à plataforma, do lado do oceano.
As plataformas continentais são relativamente planas e rasas, em média situadas a 90 metros de profundidade, geralmente cobertas por uma camada de sedimentos finos. Distinguem-se: a) plataforma de abrasão, produzida pelo trabalho contínuo do mar sobre a costa; b) terraço continental, trecho da plataforma continental, remotamente situado em relação à costa, constituído por acúmulo de sedimento transportado por sobre a plataforma de abrasão.
A largura da plataforma continental é muito variável e em regra inversamente proporcional à altitude do relevo continental vizinho. Assim, é mais larga junto às planícies litorâneas ou regiões de relevo suave; e estreita ou inexistente quando próximas a regiões montanhosas.
Embora ocupando apenas pequena parcela da superfície oceânica, a plataforma continental é a porção mais rica em animais e vegetais marinhos, incluindo desde o plâncton até as baleias.

Nenhum comentário:

Profª Zilda e Dr. Profº França

Profª Zilda e Dr. Profº França

Esta é a mais nova netinha do Voinho, a Maria Valentina

ORAÇÃO DOS ANIMAIS DA POETISA IVANA M F NEGRI DECLAMADA POR BETTY GOFFMAN NO DOMINGÃO DO FAUSTÃO

Ocorreu um erro neste gadget