"VOINHO"

Geraldo Victorino de França é engenheiro agrônomo, professor aposentado da Esalq/USP – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. Foi casado com a professora Zilda Giordano Victorino de França, tiveram 4 filhos, 12 netos e cinco bisnetas. Os verbetes surgiram como um hobby,enviados pela Internet aos filhos e netos. São curiosidades e notas explicativas sobre temas diversos. Como são assuntos interessantes e educativos, surgiu a ideia de compilá-los num livro. Muitos desses verbetes já foram publicados na Enciclopédia Agrícola Brasileira, editada pela Esalq/USP e também na coluninha PLANETA TERRA que era publicada aos sábados no Jornalzinho, suplemento infantil do JORNAL DE PIRACICABA. Também já colaborou na coluna PECADOS DA LÍNGUA, coordenada por Elisa Pantaleão, veiculada aos sábados no jornal A GAZETA DEPIRACICABA.
É membro da Academia Piracicabana de Letras - Cadeira n° 27 - Patrono: Salvador de Toledo Pisa Junior

“Voinho” é o apelido carinhoso como é chamado pelos netos e bisnetas.

Seguidores

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Voinho, neta e bisnetas

Aprendendo com o Voinho

Aprendendo com o Voinho
by Mara Bombo

sábado, 24 de setembro de 2011

CONHECENDO OS SOLOS DA REGIÃO DE PIRACICABA -2

foto Ivana Negri


Geraldo Victorino de França ( Voinho)

B. Solos com horizonte B textural
São solos apresentando o horizonte B mais argiloso que o A, geralmente com estrutura em blocos revestidos por cerosidade ( filmes de argila ). Compreendem os tipos: a) Terra Roxa Estruturada; b) Solo Podzólico Vermelho- Amarelo; c) Solo Mediterrânico Vermelho-Amarelo.
a) Terra Roxa Estruturada. Solo com horizonte B textural, argiloso, profundo e fértil, de cor vermelho escuro, originado de basalto. É encontrado na parte central da cidade.
b) Solo Podzólico Vermelho-Amarelo. Solo com horizonte B textural proveniente de diversas rochas, exceto basalto. Na região de Piracicaba encontram-se dois sub-tipos: um mais arenoso, proveniente de arenitos; e outro mais argiloso, originário de argilitos e folhelhos.
c) Solo Mediterrânico Vermelho- Amarelo. Solo com horizonte B textural, argiloso, profundo e fértil, originário de calcários. É encontrado na região de Saltinho.
C. Solos com horizonte B latossólico
São solos fortemente intemperizados, profundos e muito permeáveis, apresentando os horizontes A e B com textura semelhante. A estrutura do horizonte B é granular, como a do A, muito porosa e sem cerosidade. Distinguem- se:
a) Latossol Roxo; b) Latossol Vermelho Escuro;
c) Latossol Vermelho-Amarelo.
a) Latossol Roxo. Solo argiloso, profundo, argiloso e fértil, sem cerosidade, originado de basalto. É encontrado a região limítrofe entre Piracicaba e Iracemápolis.
b) Latossol Vermelho Escuro. Solo argiloso, profundo, de fertilidade baixa, originário de argilitos. è encontrado no bairro rural Tanquinho.
c) Latossol Vermelho-Amarelo. Solo de textura média, profundo e de fertilidade muito baixa, originado de arenitos. Encontrado no bairro rural Paredão Vermelho.
D. Solos Hidromórficos
São solos formados sob a influência do lençol freático, condicionada pelo relevo plano e má drenagem. Ocorrem o acúmulo de húmus, redução dos óxidos de ferro e o aparecimento de cores cinzentas, típicas da gleização, formando o horizonte G, característico destes solos. Conforme o teor de matéria orgânica, distinguem-se:
a) Solos Glei Pouco Húmicos; b) Solos Glei Húmicos; c) Solos Orgânicos. Estes últimos se caracterizam pela cor escura e por conterem mais de 20% do peso em matéria orgânica; e mais de 30%, quando argilosos. Ocorrem em várzeas mal drenadas.

Um comentário:

ॐ Mara Bombo ॐ disse...

Querido "Dr Geraldo" obrigada pelo exemplar do seu "Aprendendo com Voinho vol 3",já está sendo usado por nós e mais pelos meus sobrinhos, que fazem dos seus livros uma fonte especial de pesquisa.
um grande beijo
Mara Bombo

Profª Zilda e Dr. Profº França

Profª Zilda e Dr. Profº França

Esta é a mais nova netinha do Voinho, a Maria Valentina

ORAÇÃO DOS ANIMAIS DA POETISA IVANA M F NEGRI DECLAMADA POR BETTY GOFFMAN NO DOMINGÃO DO FAUSTÃO

Ocorreu um erro neste gadget