"VOINHO"

Geraldo Victorino de França é engenheiro agrônomo, professor aposentado da Esalq/USP – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. Foi casado com a professora Zilda Giordano Victorino de França, tiveram 4 filhos, 12 netos e cinco bisnetas. Os verbetes surgiram como um hobby,enviados pela Internet aos filhos e netos. São curiosidades e notas explicativas sobre temas diversos. Como são assuntos interessantes e educativos, surgiu a ideia de compilá-los num livro. Muitos desses verbetes já foram publicados na Enciclopédia Agrícola Brasileira, editada pela Esalq/USP e também na coluninha PLANETA TERRA que era publicada aos sábados no Jornalzinho, suplemento infantil do JORNAL DE PIRACICABA. Também já colaborou na coluna PECADOS DA LÍNGUA, coordenada por Elisa Pantaleão, veiculada aos sábados no jornal A GAZETA DEPIRACICABA.
É membro da Academia Piracicabana de Letras - Cadeira n° 27 - Patrono: Salvador de Toledo Pisa Junior

“Voinho” é o apelido carinhoso como é chamado pelos netos e bisnetas.

Seguidores

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Geraldo e Zilda ( Voinho e Voinha)

Voinho, neta e bisnetas

Aprendendo com o Voinho

Aprendendo com o Voinho
by Mara Bombo

terça-feira, 24 de julho de 2012

CONHECENDO OS MEIOS DE COMUNICAÇÃO


( http://connectbrazil.blogspot.com.br)


Geraldo Victorino de França (Voinho)

Comunicação é a transmissão de mensagens ou informações entre duas ou mais pessoas, ou entre dois sistemas: um que transmite ( jornal, rádio, televisão, etc. ) e outro que recebe a informação (destinatário ou público ).
           Meios de comunicação, também chamados canais ou veículos de comunicação, são
os condutos através dos quais determinadas mensagens atingem seus destinatários.
            A transmissão e recepção de informações por meio de fios, rádio, eletricidade, luz ou microondas recebe o nome de telecomunicação.
           O desenvolvimento dos meios de comunicação é um dos fatores básicos para o progresso da civilização. Como tantas outras conquistas do homem, as comunicações são causa e efeito do progresso humano.
          O processo de comunicação consta, basicamente, de quatro componentes: a) fonte ou emissor; b) veículo ou canal; c) mensagem ou informação; d) destinatário ou receptor. 
           Os veículos de comunicação variam muito, podendo ser a voz humana, um filme, um jornal, um programa de rádio ou televisão,  um cartaz de rua, um livro ou revista, etc. Cada tipo de veículo ou meio de comunicação utiliza, para atingir os destinatários, um tipo de linguagem ou código. Uma pessoa falando utiliza sua imagem e voz; o filme estiliza e recria a imagem e a voz humana, dentro de novas convenções; a televisão também utiliza a figura e a voz humana; o jornal e o livro utilizam palavras escritas; um cartaz de rua comunica-se através de imagens e palavras escritas.
            Cada sistema de transmissão de informações usa um código que a fonte transmite e o destinatário, devidamente condicionado, descodifica para entender a mensagem. Os códigos e veículos mais facilmente perceptíveis são aqueles que mais se aproximam da natureza: as figuras e os sons que estão à nossa volta.
          À medida que o homem progredia, foram sendo inventados novos meios de comunicação e códigos mais requintados. Assim, depois de inventar a linguagem e a imprensa, o homem passou a utilizar jornais e revistas. Depois vieram o sistema postal (correio), telégrafo  e telefone; a seguir, vieram o cinema, a radiodifusão e a televisão. Finalmente, entre os sistemas modernos de comunicação, destacam-se os computadores e os satélites artificiais.

Nenhum comentário:

Profª Zilda e Dr. Profº França

Profª Zilda e Dr. Profº França

Esta é a mais nova netinha do Voinho, a Maria Valentina

ORAÇÃO DOS ANIMAIS DA POETISA IVANA M F NEGRI DECLAMADA POR BETTY GOFFMAN NO DOMINGÃO DO FAUSTÃO

Ocorreu um erro neste gadget